Pelé morre aos 82 anos em São Paulo

Compartilhe

Considerado o Rei do futebol, Pelé morre aos 82 anos em São Paulo

Morreu, nesta quinta-feira, 29 de dezembro, Edson Arantes do Nascimento, o “Pelé”, ex-jogador brasileiro, tricampeão pela seleção brasileira, em 1958, 1962 e 1970. Pelé, fazia tratamento contra um câncer de cólon  desde setembro de 2021. Este ano, o quadro se agravou com metátese no pulmão e fígado, além de adquirir uma infecção  respiratória que levou o craque a ser internado no dia 29 de novembro no Hospital Albert Einstein em São Paulo.

O sepultamento ocorrerá em Santos, mas a família ainda não divulgou detalhes do velório, mas é certo que será na Vila Belmiro.

O ex-jogador estava apenas com os cuidados paliativos, que é quando se utiliza medicação apenas para aliviar a dor e sobretudo, dar mais conforto ao paciente. A família, filhos, e esposa de Pelé ficaram no hospital todo este tempo acompanhando a evolução do quadro. 

O ídolo mundial, ainda no dia 01 de dezembro, postou em uma rede social: “Amigos, eu estou no hospital fazendo minha visita mensal. É sempre bom receber mensagens positivas como essa. Obrigado ao Catar por essa homenagem, e a todos que me enviam boas energias!”. conforme diz o texto da postagem.

O jogador ainda viu a vitória da Argentina contra a França na final da copa do Qatar, e postou no Instagram os parabéns:

História.

Edson Arantes do Nascimento, nasceu em Três Corações, Minas Gerais, em 23 de outubro de 1940. A carreira deslanchou quando entrou para o Santos-SP, clube onde foi, Bicampeão da Taça Libertadores da América (1962 e 1963), bicampeão Mundial de Interclubes (1962 e 1963), Campeão da Taça de Prata (1968), cinco vezes campeão da Taça Brasil (1961, 62, 63, 64 e 65), quatro vezes campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Rio-São Paulo (1959. 1963,1964 e 1966), além de 25 títulos de torneios no exterior.

A história na seleção brasileira começa em 1957, em uma partida no Maracanã, contra a Argentina, que apesar de Pelé ter marcado um gol, o Brasil perdeu por 2 x 1.

Convocado para Copa de 1958, na Suécia, só jogou a partir da terceira partida contra a União Soviética. No jogo contra a Inglaterra, o camisa 10 marcou o segundo gol. Na final, contra a Suécia, Pelé marcou dois gols, em um placar de 5 x 2, onde a seleção brasileira ganhou seu primeiro título mundial, se tornando, aos 17 anos, o jogador mais jovem a conquistar uma Copa do mundo.

Pelé morre aos 82 anos em São Paulo
Comemoração do primeiro título do Brasil em 1958. Foto CBF

Em 1962, na Copa do Chile, já considerado um ídolo mundial, Pelé jogou contra o México, mas se lesionou na partida contra a Tchecoslováquia, ficando fora dos jogos. A seleção do Brasil conquistou o Bicampeonato mundial com o brilho de Garrincha. 

No Tricampeonato no México, em 1970, Pelé já era um jogador consagrado, e ao lado de Jairzinho, Tostão, Gerson, sobre o comando de Zagallo conquistou a vitória em cima da Itália por 4 x 1. 

Pelé morre aos 82 anos em São Paulo
Tri no México, em 1970. Foto CBF

Um ano antes, em 1969, no dia 19 de novembro Pelé marcava seu milésimo gol contra o Vasco da gama em um Maracanã lotado.

Pelé nos Estados Unidos

Pelé no Cosmos dos EUA.

Em 1975, Pelé assinou um contrato milionário com o New York Cosmos. Nos Estados Unidos foi um dos principais responsáveis pela popularização do Soccer no Pais. Pelé se aposentou dos campos em 1977 pelo mesmo Cosmos. 

Vida pessoal

Pelé foi casado com Rosemeri dos Reis Cholbi entre 1966 e 1980. O casal teve três filhos: Kelly Cristina, Jennifer e Edinho, que, igualmente também se tornou jogador de futebol.

Em 1990 começou o namoro com Assíria Nascimento, com quem se casou em 1994 e tiveram filhos gêmeos, Joshua e Celeste. O casal se separou em 2008.

Em 2016 casou-se com a empresária Márcia Cibele Aoki, com quem namorava desde 2010.

Pelé comemorando seus 82 anos, no último dia 23 de outubro

O jogador teve duas filhas fora do casamento, Sandra Regina Machado, que faleceu em 2006, e Flávia Kutz. Ambas só conseguiram reconhecimento da paternidade através dos tribunais. No entanto, este fato se tornou uma mancha na vida do ídolo do futebol, sendo que Pelé nunca reconheceu oficialmente a filha.

Pelé ainda se aventurou como sambista, bem como compositor, cantor e ator de cinema. Na política, foi ministro dos esportes no governo de Fernando Henrique Cardoso. 

 Através da redes sociais diversas personalidades e clubes fizeram homenagem a Pelé:

Por fim, o jogador em entrevistas sempre se referia ao Pelé, em terceira pessoa. Então, acreditamos que o Pelé continuará vivo, e o Edson Arantes do Nascimento caminha para eternidade. 

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat