Mick Jagger faz 80 anos. Conheça curiosidades sobre o cantor.

Mick Jagger, 80 anos.

Por Sandro Abecassis

Mick Jagger, vocalista dos Rolling stones completa 80 anos neste dia 26 de julho, nascido em 1943 como Michael Phillip Jagger em Dartford, Inglaterra. 

Então, separamos algumas curiosidades deste que é, sobretudo um dos últimos dinossauro do rock.

Apelido de “pé frio”:

Mick Jagger ganhou uma fama peculiar de ser “pé frio” no mundo do futebol. Diz-se que a equipe pela qual ele torce tem uma tendência a perder jogos importantes. A superstição em torno do seu apoio levou muitos fãs de futebol a pedirem para que ele não torça para suas equipes, principalmente em Copas do mundo.

Famosa dança no palco:

Jagger é conhecido por sua energia explosiva no palco e suas famosas danças. Seus movimentos de dança únicos e enérgicos tornaram-se uma marca registrada das apresentações dos Rolling Stones. Aliás Tina Turner foi responsável por ensinar algumas coreografias para ele.

Parceria musical com Keith Richards:

Jagger é parceiro musical de longa data de Keith Richards, guitarrista dos Rolling Stones. Portanto, juntos eles formaram uma das duplas de compositores mais prolíficas e bem-sucedidas da história do rock.

Participação em filmes:

Além de sua carreira musical, Jagger também teve incursões no cinema. Ele atuou em filmes como “Performance” (1970), “Ned Kelly” (1970), “Freejack” (1992) e “The Man from Elysian Fields” (2001).

Inclusive em um filme produzido no Brasil. Contudo, pouco conhecido, chamado, “Running Out Lucky”, onde é sequestrado e usado.como escravo sexual em uma fazenda.

O músico atuou com Grande Otelo, Tony Tornado e Norma Bengell. Veja o videoclipe do filme aqui:

Filho com Luciana Gimenez:

Mick Jagger tem um filho chamado Lucas Maurice Morad Jagger, nascido em 1999. Sua mãe é a modelo brasileira Luciana Gimenez. A notícia da gravidez de Luciana causou grande repercussão na mídia.

Mick no Brasil em 1968:

Mick Jagger, Marianne Faithfull e Keith Richards estiveram no Brasil pela primeira vez em 1968. Eles conheceram Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

Eles chegaram a frequentar casas de umbanda e candomblé, a experiência influenciou a percussão de “Sympathy For The Devil”.

Cavalheirismo no palco:

 

Acima de tudo, Mick Jagger é conhecido por seu charme e carisma no palco. Assim como por seu comportamento cavalheiresco com as plateias durante os shows dos Rolling Stones. Ele é elogiado por sua habilidade de conectar-se com o público.

Ativismo social:

Além de sua carreira musical, Jagger também é conhecido por seu ativismo social. Sendo assim, ele apoiou várias causas ao longo dos anos, incluindo direitos humanos, combate à pobreza e preservação do meio ambiente.

Sir Mick Jagger:

Mick Jagger foi agraciado com o título de “Sir” em 2003, quando foi nomeado Cavaleiro do Império Britânico pela Rainha Elizabeth II.

Essa condecoração reconheceu suas contribuições significativas para a música e cultura. E Por fim, pelo seu envolvimento em causas humanitárias.