Bowie expulsou Jimmy Page do seu apartamento.

O interesse pelo ocultismo aproximou e distanciou Jimmy Page e David Bowie na década de 70

Sempre fui fascinado pelas histórias do mundo do rock. Principalmente porque comecei a escutar o gênero ainda era criança, por volta de 1980, com cerca de 8 anos de idade, apaixonado pelas capas dos álbuns, do Kiss em Detroit Rock City, do sinistro álbum de estreia do Black Sabbath e também o Eddie estampado na capa do disco do Iron Maiden.

Depois, quando adolescente e adulto comprava as revistas especializadas e livros, os biográficos de preferência. 

E uma dessas histórias está no livro biográfico, “Led Zeppelin: quando os Deuses caminhavam sobre a terra”, do autor, Mick Wall. São 506 páginas por dentro dos bastidores de uma das bandas mais representativas dos anos 70. 

 

O livro é rico em detalhes, e às vezes até exagera, cansa, prejudica a leitura, acredito que faltou dividir melhor os capítulos, com subtítulos para tornar a leitura mais leve e divertida. 

Contudo, um destes capítulos narra um encontro nada agradável entre David Bowie e Jimmy Page. Vamos lá.

Jagger apresenta Bowie para Page.

Mick Jagger que apresentou David Bowie para Jimmy Page. Naquela época, Bowie também tinha muito interesse pelas obras de Aleister Crowley, assim como o guitarrista do Led Zeppelin. Além do mais, Bowie queria também saber os detalhes do trabalho que Jimmy fez no filme “Anger”. 

Sendo assim, David Bowie convidou Page para ir ao seu apartamento, Contudo, segundo Tony Zanetta, que trabalhava na produção de Bowie, o músico estava desconfiando de Page, que chegou ao apartamento e conversaram sobre música. No entanto, quando Bowie abordou o assunto ocultismo a aura do local mudou. 

Page ficava em silêncio, com um sorriso misterioso enquanto David falava. Segundo Tony, Bowie contou que a aura de Jimmy Page começou a irritá-lo. Com o músico em silêncio, David Bowie falou: “Gostaria que você se retirasse”. Disse. E Jimmy Page continuou sentado, sorrindo, sem dizer nada, olhando fixamente para Bowie como se falasse com ele de forma telepática. 

David Bowie respondeu ao guitarrista falando e apontando para uma janela aberta. “Por que não saí pela janela?” Page ficou mais um pouco sentado e depois saiu batendo a porta. 

Bowie ficou com medo.

De acordo com Zanetta, Bowie ficou com muito medo, e certa vez quando ambos se encontraram em uma festa, David deixou o lugar logo em seguida. Outro fato, segundo consta no livro, “Led Zeppelin: quando os Deuses caminhavam sobre a terra”, Bowie acreditava que o apartamento havia sido invadido por demônios invocados por Page através dos ensinamentos de Crowley, e insistiu para que a casa fosse exorcizada.Por fim, deixe nos comentários se você também conhece uma história interessante sobre o rock and roll.