SUPERTRAMP: quem é a atriz da capa de “Breakfast In America”?

“Breakfast In America”, lançado em 1979, é considerado um dos melhores álbuns do Supertramp.

No dia 16 de março de 1979, o Supertramp lançava o seu sexto álbum, “Breakfast In America”, gravado em Los Angeles no The Village Recorder. Dentre as faixas, “The Logical Song”, “Goodbye Stranger”, “Take The Long Way Home”, e a faixa título, “Breakfast In America”

No entanto, vamos falar sobre algo particular e curioso, a capa do álbum, Breakfast In America. A ideia era fazer uma brincadeira com o modo de vida americano e os ícones dos Estados Unidos. 

A criação

A criação ficou por conta de Mike Doud e Mick Haggerty. A imagem remete como se uma pessoa visse Nova Iorque da janela de um avião. Contudo, a estátua da liberdade foi substituída por uma típica garçonete de lanchonetes americanas, interpretada pela atriz e comediante Kate Murtagh, que no álbum é chamada de “Libby”; 

Ao invés da constituição, Libby segura um cardápio, e no lugar da tocha um copo com suco de laranja. Ao fundo Manhattan fica representada por garrafas, bules, xícaras, pães, pizzas e pratos. 

Para a atriz da capa, a produção tentou garotas em agências de modelos, mas a banda queria alguém mais real. Kate Murtagh foi a escolhida, ela já havia atuado em filmes famosos como a série Daniel Boone, e com Audrey Hepburn em outro café da manhã, “Breakfast At Tiffany ‘s”, em 1961. Além de atuar em “Jeannie é um gênio”, “Os Monstros” e “The Twilight Zone”. 

Outra curiosidade, na contracapa, “Libby” ou Kate, aparece servindo a banda, a foto é na lanchonete Bart´s Mad House em Los Angeles e não em Manhattan. Os integrantes leem jornais em uma mesa de café da manhã, com Rick Davies derramando ao que parece ser um pote de açúcar. 

Kate Murtagh morreu aos 96 anos em 2017

Teorias da conspiração.

Agora a curiosidade mais bizarra veio após o 11 de setembro. Os criadores de teorias da conspiração identificaram as torres gêmeas representadas no álbum, bem em cima das letras, “U” e “P”, que remetem então a justamente a 11/9. Por fim, sem falar, que coincidência ou não, alguém está dentro de um avião se aproximando de Nova Iorque.