Procon notifica postos sobre aumento de preço do Gás Natural Veicular

Compartilhe

Ação ocorreu na segunda-feira, (05).

A Secretaria Municipal em Defesa do Cidadão, por meio do Procon de Florianópolis, notificou na segunda-feira, (05), oito postos de combustíveis para prestar esclarecimentos com relação ao aumento de preço do Gás Natural Veicular (GNV). Sendo assim, agora os locais têm 10 dias para responder às solicitações do Auto de Notificação.

Segundo o Secretário de Defesa do Cidadão, Gabriel Meurer, sempre o consumidor denuncia as altas nos preços dos combustíveis nos postos de gasolina. Embora os combustíveis tenham reajustes pela Petrobras, cabe ao Procon de Florianópolis fiscalizar se os postos estão repassando os preços corretos ao consumidor.

“Sabemos que o aumento do Gás Natural Veicular já era previsto, conforme divulgado pela Petrobrás, e o consumidor sofreria o impacto maior do preço do petróleo no mercado internacional, assim como vários outros segmentos de consumo. É por isso, que precisamos fiscalizar e nos certificar que os estabelecimentos não estão se aproveitando do momento para cobrar preços altamente abusivos dos consumidores”, conforme diz Gabriel Meurer.

Acima de tudo, caso o Procon encontre irregularidades nos postos notificados para esclarecimentos, eles poderão ser autuados e sofrerão multa.

Então, confira a lista de postos de combustíveis, que são fornecedoras de Gás Natural Veicular:

1. Posto Capoeiras Eireli, na rua Paralela Novo Horizonte, 3530 – Capoeiras;
2. Angelo & Cia. Ltda, na Avenida Governador Ivo Silveira, 3664 – Capoeiras;
3. Posto de Combustíveis Farol da Ilha Ltda, na rua Professora Sofia Quint de Souza, 349 – Capoeiras;
4. Floripetro Comércio de Combustíveis Ltda, na Avenida Engenheiro Max de Souza, 1387 – Coqueiros;
5. Jóia Combustíveis Ltda, na rua General Eurico Gaspar Dutra, 957 – Estreito;
6. Angeloni & Cia Ltda, na Avenida Irineu Bornhausen, 5188 – Agronômica;
7. Posto Rita Maria, na Avenida Paulo Fontes, 1136 – Centro;
8. Posto Colonial, na Avenida Mauro Ramos, 2010 – Centro.

Por fim, denúncias e reclamações podem ser encaminhadas pelo site http://procon.pmf.sc.gov.br, e no e-mail fiscalizacao.procon@pmf.sc.gov.br e no telefone (48) 3131-5300.

WhatsApp chat