Paul McCartney comprou refúgio para o pai ficar longe da beatlemania

No ano de 1964, a beatlemania já havia dominado grande parte do mundo. Portanto, os rostos de John, Paul, George e Ringo, eram frequentemente conhecidos onde quer que fossem. 

Entretanto, com a fama alguns ajustes teriam que ser feitos. Como por exemplo, Paul McCartney não podia mais voltar facilmente para visitar seu pai, Jim, na casa em Forthlin Road, em Liverpool. 

Sendo assim, Paul decidiu adquirir uma propriedade em um bairro mais afastado. O lugar escolhido ficava às margens da península de Cheshire ́ s Wirral, com vista para River Dee e Gales. 

Paul McCartney comprou refúgio para o pai ficar longe da beatlemania
Paul, Jim e Mike McCartney

Paul pagou pela casa, cerca de 8 mil libras. Construída ao estilo Tudor, ela tinha um nome, “Rembrandt”, com um terreno de 2 mil metros de jardim. Mike McCartney, irmão de Paul, ainda morava com Jim, e tentava também entrar no ramo da música adotando o nome de Michael McGear, que na gíria de Liverpool, “gear” era um termo para a palavra bacana. 

LEIA TAMBÉM: Paul McCartney: as curiosidades de ‘I’ve Just Seen a Face’, sua canção country de 1965.

Com Jim e Mike já instalados, Paul tinha que controlar um outro problema, a generosidade do pai. Jim McCartney tinha uma conta conjunta com Paul, e frequentemente dava gorjetas altas, chegando a Uma Libra, fosse em chás beneficentes, ou para o cobrador do pedágio. Mas algo ia mudar, desde a morte de Mary, Jim não havia namorado ninguém e logo que mudou para “Rembrant” conheceu através de uma prima, a jovem, Ângela Williams, de 35 anos. 

Jim se encantou pela moça, que já tinha uma filha de quatro anos chamada Ruth. No entanto, desanimou pela diferença de idade, Jim tinha 62 anos, havendo 27 anos de diferença para Angie. Mas ela não se importou e os dois iniciaram um relacionamento e logo depois Jim pediu Angela em casamento. 

Paul McCartney comprou refúgio para o pai ficar longe da beatlemania

Jim ligou para o filho Paul, e falou sobre a decisão. McCartney dirigiu até Liverpool para conhecer a futura esposa do pai e sua enteada. Quando chegou, a filha de Angie estava dormindo, e foi tirada da cama para conhecer o baixista. No livro “Many Years From Now”, Ruth recorda o encontro com McCartney: “Eu lembro a primeira coisa que disse para ele. “Minha prima tem você no papel de parede da casa de Wendy dela”. 

Na época Ruth havia feito uma cirurgia para a retirada de um rim, e mostrou a cicatriz para Paul. “Eu tinha feito uma cirurgia não fazia muito tempo para a retirada de um rim, por isso levantei a camisa do pijama e mostrei a cicatriz”. Paul era bom com as crianças e falou para Ruth que Ringo tinha uma igual. 

Sanduíches de marzipã

Paul voltou para Londres no dia seguinte, e Angie preparou para ele uma garrafa de chá para viagem e sanduíches de marzipã, um doce feito com amêndoas e clara de ovos. 

Jim e Angie se casaram em 24 de novembro, Paul não pôde ir ao casório, mas mandou felicitações por um telegrama dizendo. “Desejo a vocês vida longa e felicidade, e muitos sanduíches de marzipã”. 

Jim, Paul, Angie e Ruth.

Ruth e Jim passaram a lua de mel nas Bahamas, e o um fato curioso é que um grupo de músicos foi à mesa do casal tocando “Yellow Bird”, Jim deu uma boa gorjeta, a partir dali os músicos seguiam os dois por todos os lugares. Ruth foi o elo que Paul encontrou para controlar a gastança do pai, como por exemplo, ele deu um carro para Ruth, já que Jim não sabia dirigir, mas controlava as planilhas de gastos do casal fosse em pedágios, gasolinas ou gorjetas. 

Paul McCartney comprou refúgio para o pai ficar longe da beatlemania
JIm, Ruth e Angie em Rembrant.

Angie hoje está com 94 anos, e Ruth, adotada por Jim, ganhou o sobrenome McCartney, tem 64 anos. Jim morreu em 1976 por conta de uma broncopneumonia. Ruth e Angie cuidavam de Jim 24 horas. Paul chegou a dizer para Angie, “Nunca vou esquecer o que você fez pelo meu pai. Você nunca mais vai precisar de nada”. No entanto, depois da morte do pai, Paul cortou completamente o relacionamento tanto com Ruth como com Angie. Nos siga no Google notícias para conhecer mais histórias como esta