Elton John faz 77 Anos e revela novas produções e lembra da treta com Bowie

Compartilhe

Elton John se aposentou dos palcos em 2023, vive em família, mas continua produzindo.

Elton John completou 77 anos neste dia 25 de março de 2024. O cantor inglês se aposentou dos palcos em 2023 com um show de despedida no estádio dos Dodgers em Los Angeles, lugar que o consagrou nos anos 70. Aliás, a turnê se tornou uma das mais lucrativas da história, com cerca de US$ 939 milhões de dólares.

Elton John faz 77 Anos e revela novas produções e lembra da treta com Bowie
Elton John no Dodgers em 2023. Getty Images.

Ao mesmo tempo, falando em lucro, a cinebiografia, “Rocketman” lançada sobre o astro em 2019, rendeu US$ 190 milhões de bilheteria em todo o mundo. 

Ao todo foram mais de 50 anos de carreira, com uma dezena de hits, como “Crocodilo Rock”, “Rocket Man”, “Nikita”, “Daniel”, “I´m Still Standing”, “Candle In The Wind”, “You Gotta Love Someone”, “Don’t Go Breaking My Heart”, dentre tantas outras. 

Elton John faz 77 Anos e revela novas produções e lembra da treta com Bowie

O roqueiro fez diversas parcerias musicais: John Lennon, George Michael, Dua Lipa, Kiki Dee, além de Lady Gaga e Aretha Franklin. Mas também desavenças, como por exemplo, com David Bowie. Durante uma entrevista Bowie deu uma declaração à Rolling Stone, que encerrou um coleguismo entre os dois, porque amizade nunca houve. Bowie disse que Elton John se resumia a uma Rainha do Rock, ele não gostou. 

“David e eu não éramos lá grandes amigos depois de um tempo. A gente costumava sair juntos, com Marc Bolan, para boates gay. Anos depois, ele sempre me dava alfinetadas em entrevistas — ‘a rainha fajuta do rock n roll’ foi a mais famosa. Embora, para ser justo, ele estava com a cabeça entupida de pó quando disse aquilo.” Conforme comentou Elton John. 

E o Rocket man ainda lembrou: “Sinceramente, eu não sei qual era o problema, mas claramente havia um. Eu nunca fui muito amigo de Bowie. Eu amava a música dele, e já socializamos algumas vezes. Visitamos o Sombrero com Tony King e jantamos no Covent Garden quando ele estava ensaiando para a turnê de Ziggy Stardust. Mas havia algo de distante e desinteressado nele. Pelo menos quando eu estava perto. Eu achei meio esnobe. Ele não fazia o meu tipo. Ou melhor, eu é que não fazia o tipo dele.”

LEIA também: O dia que Elton John ajudou na reconciliação entre John Lennon e Yoko Ono.

Uma vida comum. 

Elton John faz 77 Anos e revela novas produções e lembra da treta com Bowie
Elton com o marido David e os filhos. Getty Images

Encerrada a rotina de shows e grandes turnês, Elton John agora se dedica a vida em casa, com o marido, David Furnish, e seus dois filhos. “Estamos fazendo muitas coisas criativas, musicais e coisas assim”, disse John. “Ainda estou antenado, correndo por aí. Estamos passando mais tempo com nossos filhos.”

Apesar de fora dos palcos, Elton John está produzindo dois projetos musicais. O primeiro para a Broadway em uma adaptação de o “Diabo Veste Prada”, que terá Vanessa Williams interpretando Miranda Priestly. E o segundo em homenagem a cantora Tammy Faye Bakker. 

“Um levou 12 anos, outro levou oito anos”, disse John. “Eles estarão prontos, mas você tem que ser paciente. Gosto de escrevê-los porque é uma colaboração com muitas pessoas. Leva muito tempo para [levar] aos palcos.”

Homenagem do Metallica. 

No último dia 20 de março, o Metallica fez uma homenagem a Elton John e seu parceiro de composição, Bernie Taupin, durante o prêmio Gershwin, em Washington, Estados Unidos. 

Elton e Bernie receberam do Congresso americano um prêmio por sua contribuição à música. Sendo assim, o Metallica, convidados para apresentar o evento, abriram a apresentação tocando, “Funeral For A Friend/Love Lies Bleeding”, do álbum de Elton John, Goodbye Yellow Brick Road, de 1973. Veja:

James Hetfield disse: “Estamos muito animados e orgulhosos de termos sido convidados para nos apresentar em um evento muito especial em homenagem à lendária equipe de compositores de Elton John e Bernie Taupin, enquanto eles são honrados com o Prêmio Gershwin da Biblioteca do Congresso para Canção Popular”.