As 5 melhores músicas dos Rolling Stones segundo o ChatGPT

O ChatGPT listou as cinco melhores músicas dos Rolling Stones segundo a plataforma. Confira.

O uso da tecnologia de inteligência artificial cada vez tem se tornado mais comum. Portanto, como uma forma de brincar e para gerar interação entre os nossos leitores perguntamos ao ChatGPT da OpenAI, quais as cinco melhores músicas dos Rolling Stones, segundo ele. 

As 5 melhores músicas dos Rolling Stones segundo o ChatGPT
Rolling Stones em 1968. Foto David Bailey.

“Selecionar apenas cinco das melhores músicas dos Rolling Stones é uma tarefa difícil, considerando a riqueza e a diversidade de seu catálogo. No entanto, aqui estão cinco faixas que têm sido amplamente aclamadas e influentes ao longo dos anos”. Conforme escreveu a tecnologia.

Portanto, siga a ordem de colocação:

“Gimme Shelter”

A música foi lançada como faixa de abertura do álbum “Let It Bleed” em 1969. Jagger na época atuava no filme, “Performance”. A letra faz uma alusão a guerra do Vietnam e o apocalipse social. A cantora Merry Clayton, que estava grávida, participou da gravação dos vocais, o esforço foi tanto que ela acabou abortando um dia depois. 

LEIA TAMBÉM: Rolling Stones: confira a primeira sessão de foto oficial da banda.

“(I Can’t Get No) Satisfaction” 

Sem dúvida um dos hinos dos Rolling Stones, sendo a canção que praticamente abriu as portas para a banda alcançar um sucesso internacional em 1965. A faixa tinha um apelo sexual, e transformava os Stones em uma antítese dos Beatles, que eram tidos como bons moços pela imprensa, e a banda de Mick Jagger como rebeldes. Ambas as bandas nunca tiveram uma rivalidade, muito pelo contrário, existem inúmeras colaborações entre elas. 

“Sympathy for the Devil” 

A faixa conta a história das facetas do mundo através das guerras, religião, ocultismo, além de Jesus e o Diabo. A inspiração da percussão da música tem um pé no  Brasil, porque durante a visita de Mick Jagger ao país em 1968 ele conheceu terreiros de umbanda e candomblé na Bahia e Rio de Janeiro. A canção fez parte da trilha sonora do filme, “Entrevista com Vampiro”, em uma versão do Gun`s And Roses.

“Paint It Black”

Paint It Black está no ábum Aftermath, de 1966. A faixa chegou ao primeiro lugar nos Estados Unidos. A música tem o ponto de vista de uma pessoa depressiva que vê o funeral e morte de um amor. Na canção, Brian Jones usa a cítara indiana.

“You Can’t Always Get What You Want” 

A balada dos Stones fala de como é difícil encontrar a felicidade, pois afinal, mesmo que você tenha tudo quer sempre mais. A canção possuí um coral com 60 crianças da London Bach Choir, nas gravação as vozes acabaram duplicadas para parecer mais. 

Por fim, os Rolling Stones começam uma nova turnê no dia 28 de abril no Texas.