Preta Gil revela diagnóstico de câncer de intestino.

Compartilhe

Cantora Preta Gil recebeu diagnóstico de Câncer de intestino após dias internada.

A cantora Preta Gil, 48 anos, revelou que foi diagnostica com câncer de intestino. O comunicado aconteceu nesta terça-feira, 10, após 6 dias de internação em uma clinica no Rio de Janeiro. 

“Tenho adenocarcinoma na porção final do intestino. Inicio meu tratamento já na próxima segunda-feira e conto com a energia de todos para seguir tranquila e confiante”. Conforme postou a artista no Instagram. 

A publicação contou com mensagens de apoio de amigos e famosos, como por exemplo, Tatá Werneck, Manuela D`avila, assim como Isabela Silvino. Simony, recém curada do mesmo câncer, mandou também mensagem de apoio para a artista. A internação ocorreu após Preta sentir fortes dores abominais. 

Então, o que são adenocarcinomas

Os adenocarcinomas são tumores malignos originados nas células epiteliais dos órgãos. Sendo assim, no sistema digestivo, são as células que revestem a superfície interna do órgão.

Sintomas e tratamentos do câncer de intestino

Os sintomas do câncer de intestino incluem:

  • Sangue nas fezes;
  • Mudança do hábito intestinal;
  • Dor ou desconforto abdominal;
  • Alteração na forma das fezes (no formato de fita, achatadas, muito finas e compridas);
  • Fraqueza e sobretudo, anemia;
  • Perda de peso sem causa aparente;

O tratamento 

O tratamento do câncer colorretal depende do tamanho, da localização e da propagação do câncer. Os mais comuns incluem cirurgia para remover o câncer, quimioterapia e radioterapia.

Causas

  • Obesidade ou sobrepeso;
  • Alimentação rica em carnes vermelhas e carnes processadas (ex: bacon, presunto, salsicha e linguiça);
  • Alimentação pobre em fibras;
  • Alto consumo de bebidas alcoólicas;
  • Tabagismo;
  • Sedentarismo

Prevenção

Por fim, fique com algumas dicas para prevenir o câncer de intestino:

  • Pratique atividade física;
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Não fume;
  • Evite o consumo de carne processada;
  • Acima de tudo, limite o consumo de carne vermelha (máximo de 500 gramas por semana);
  • Aumente o consumo de fibras, como frutas, verduras, bem como, legumes e grãos.
WhatsApp chat