O Senhor dos Anéis vai ganhar uma nova jornada, anunciou a Warner Bros.

Nova jornada colaborativa entre Warner Bros. Pictures, New Line Cinema e Middle-earth Enterprises promete trazer o mundo de JRR Tolkien de volta à tela grande.

A Warner Bros. Pictures anunciou em uma teleconferência de resultados na quinta-feira que está reformulando a franquia de filmes “O Senhor dos Anéis”. Os recém-instalados líderes de estúdio Mike De Luca e Pam Abdy negociaram um acordo para fazer “vários” filmes baseados na amada série de JRR Tolkien, desenvolvidos através do selo WB New Line Cinema. 

A Freemode, uma divisão do Embracer Group, fez o acordo de direitos adaptativos para títulos, como por exemplo, “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”. O pacto será faturado sob o nome Middle-earth Enterprises.

“Após nossa recente aquisição da Middle-earth Enterprises, estamos entusiasmados em embarcar nesta nova jornada colaborativa com a New Line Cinema e a Warner Bros. Pictures, trazendo o incomparável mundo de JRR Tolkien de volta à tela grande de maneiras novas e emocionantes. ” conforme disse Lee Guinchard, CEO da Freemode.

“Entendemos o quanto essas obras são apreciadas e, trabalhando em conjunto com nossos parceiros da New Line Cinema e da Warner Bros. Pictures, planejamos honrar o passado, olhar para o futuro e aderir ao mais alto nível de qualidade e valores de produção.”

Novos lançamentos

Acima de tudo, com a agenda lotada, a Warner Bros. tem vários lançamentos programados para os próximos meses, incluindo “Shazam! Fury of the Gods”, “The Flash”, “Barbie”, “Meg 2: The Trench”, “Blue Beetle” e “Aquaman e o Reino Perdido”. Além disso, o final do ano trará Timtohee Chalamet em “Duna: Parte Dois” e “Wonka”, bem como o musical “A Cor Púrpura”.

Franquia Senhor dos Anéis.

A franquia “O Senhor dos Anéis” é considerada uma das mais importantes da história do cinema. Baseada nos livros do autor britânico JRR Tolkien, a saga conta a história de um grupo de heróis que se unem para destruir um anel mágico que pode trazer a destruição para todo o mundo.

A primeira trilogia, dirigida por Peter Jackson, foi um grande sucesso de crítica e público, arrecadando quase US$ 3 bilhões em todo o mundo e ganhando 17 Oscars, incluindo o prêmio de Melhor Filme. No entanto, agora, a Warner Bros. vai deixar os fãs ansiosos para ver o retorno do mundo de Tolkien à tela grande. Por fim, resta aguardar