O histórico encontro entre Robert Plant e Jimmy Page no acústico “No Quarter”.

“No Quarter” acústico, o projeto que reuniu Robert Plant e Jimmy Page. 

O Led Zeppelin acabou oficialmente logo após a morte do baterista John Bonham, em 25 de setembro de 1980. A banda chegou até a cogitar substitutos, inclusive com o nome de Cozy Powell. Contudo, não aconteceu, no fim daquele ano, Robert Plant, Jimmy Page e John Paul Jones emitiram um comunicado encerrando as atividades do Led Zeppelin. 

A partir de então, os integrantes se dedicaram aos seus projeto solos pessoais, e só voltariam a se encontrar novamente durante o Live Aid, em 1985, durante uma apresentação desastrosa com Phil Collins na bateria. O que era para ser uma oportunidade de ver novamente Plant, Page e John Paul Jones em ação, se tornou uma decepção, inclusive para os próprios integrantes. “Se eu pudesse ter ido embora, teria feito, porque não era necessário e me senti como uma peça de reposição”, disse Page na época. 

Os motivos: guitarra desafinada, som ruim, voz rouca de Robert Plant, Phil Collins atravessando o ritmo e o principal, falta de ensaio.

Projeto em Duo.

 

Quase 20 depois do Live Aid, Robert Plant e Jimmy Page voltariam a se encontrar no projeto acústico para MTV, “No Quarter: Jimmy Page and Robert Plant Unledded”. Gravado em Marrocos, País de Gales e Londres, em 1994. O álbum e vídeo não chegou a ser considerado uma reunião do Led Zeppelin, afinal, o baixista John Paul Jones estava no projeto e soube da reunião apenas durante a divulgação do álbum. O músico criticou os ex-companheiros por este fato durante a cerimônia de inclusão do Led Zeppelin no Rock And Roll Hall Of Fame, em 1995, quando disse: “Gostaria de agradecer aos meus amigos por finalmente lembrarem do meu número de telefone.” 

As faixas

“No Quarter: Jimmy Page and Robert Plant Unledded”, ficou marcado por trazer uma banda de cordas marroquina e uma orquestra egípcia. Além disso, Plant e Page apresentaram quatro novas canções neste álbum, “City Don’t Cry”, “Yallah” (ou “The Truth Explodes”), “Wonderful One” e “Wah Wah”, cheias de influências orientais. A banda do projeto teve músicos como, Charlie Jones (baixo), Ed Sheamurd (Piano e teclados), e Michael Lee na bateria. 

Obviamente canções do Led Zeppelin não poderiam ficar de fora. Como por exemplo, a bela versão de “Thank You” (1969), a própria “No Quarter”, que é quase toda obra de John Paul Jones, “Friends” (1970). “The Battle Of Evermore (1971), com Page no bandolim, além de Najma Akhtar, cantora britânica de ascendência indiana nos vocais com Plant. Assim como os belos arranjos dos músicos marroquinos.

Compõem ainda o acústico, “That ‘s The Way”, “Gallow ‘s Pole”, “Four Sticks” e “Kashmir”. Sim, “Stairway To Heaven” ficou de fora. 

O DVD de “No Quarter: Jimmy Page and Robert Plant Unledded”, conta com uma apresentação de “Black Dog” em uma performance na ABC, assim como entrevistas com Robert Plant e Jimmy Page em bônus.

Durante a divulgação do álbum e DVD acústico, Page e Plant passaram pelo Brasil em 1994. E no ano de 1996, em janeiro fizeram uma apresentação no Hollywood Rock. Naquela ocasião, Jimmy Page já era casado com Jimena Gomez e morava entre Londres e Lençóis na Bahia. Page interagia com a comunidade onde vivia, inclusive fazendo jams com diversos músicos brasileiros.