Saiba tudo sobre “Iron Man”, a música de ficção científica e apocalíptica do Black Sabbath

Compartilhe

“Iron Man” além de ser um clássico do metal, voltou a ter destaque nos cinemas com o lançamento do filme Homem-de-Ferro em 2008.

Quando a franquia do filme Homem de Ferro estreou nos cinemas em 2008, trouxe não só o ator Robert Downey Jr. para os holofotes, como também, novamente a música, “Iron Man”, um clássico do Black Sabbath lançado no álbum “Paranoid” em 1970.

A letra fala sobre um homem que ao viajar no tempo vê o fim do mundo. No entanto, no caminho em direção ao planeta Terra ele passa por uma tempestade magnética e acaba se tornando um Homem de Ferro. Além disso, ninguém acredita nele e nem na história sobre o fim do mundo. Furioso, o “Iron Man” resolve descontar na humanidade a sua raiva, provocando justamente o fim do mundo visto por ele mesmo. 

A atmosfera apocalíptica e de ficção científica presente na letra tinha uma razão de ser: naquele período, a Guerra Fria, com a iminência de um conflito nuclear, os desdobramentos da Guerra do Vietnã e, simultaneamente, a intensa corrida espacial, exerciam uma forte influência sobre diversas bandas em suas composições. Nomes como David Bowie, Black Sabbath e Pink Floyd usaram algumas vezes este contexto em suas obras. 

O Black Sabbath passou a usar crucifixos por conta de uma maldição.

O nascimento de Iron Man.

A música nasceu no estúdio, mas segundo o baixista Geezer Butler, Ozzy já estava com o personagem na cabeça e sempre dizia, e se houvesse um cara incrível feito de metal andando por aí?”.

No estúdio, Tony Iommi criou o riff enquanto o baterista Bill Ward impulsionava uma batida sinistra no bumbo. Enquanto isso, Tony habilmente duplicou um acorde em sua guitarra. O momento atingiu seu ápice quando Ozzy entrou com sua característica voz em efeito metálico, proclamando de forma memorável: “I am Iron Man”.

Saiba tudo sobre "Iron Man", a música de ficção científica e apocalíptica do Black Sabbath

Existe uma lenda que o vocalista realizou as gravações por meio de um ventilador de metal, mas uma forte possibilidade mostra que sua voz tenha sido meticulosamente moldada através de um dispositivo conhecido como modulador de anel, capaz de gerar sinais eletrônicos a partir de entradas sonoras.

“A maioria dos riffs que fiz eu criei na hora, e esse foi um deles. Simplesmente surgiu. Acompanhava a bateria, que Bill estava tocando. Via na minha mente uma coisa de alguém se aproximando, e soava como o riff. Na minha cabeça eu podia ouvir isso como um monstro , então eu criei aquele riff naquele momento.” Conforme disse Tony a SongFacts.

Curiosidades.

“Iron Man”, se tornou bastante popular nos Estados Unidos, alcançando o Top 100 das paradas da Billboard em 1972. Embora, o personagem da Marvel, Homem-de-ferro, criado por Stan Lee em 1963, já fosse um grande sucesso nos quadrinhos da época, o fato não teve nenhuma relação ou influência na música do Black Sabbath. 

Contudo, no final do filme “Homem de Ferro” em 2008, Tony Stark (Robert Downey Jr.) diz a frase de Ozzy Osbourne, “Eu sou o Homem de Ferro”, é então a música do Black Sabbath toca no filme. 

“Iron Man” marcou história como a primeira música jogável no jogo Guitar Hero. Assim como, também deixou sua marca como trilha sonora de uma campanha publicitária da Nissan em 2007. Além disso, o riff da música desempenhou um papel especial no filme “A Escola do Rock”, onde Jack Black, em suas inspiradoras aulas para as crianças, escolheu esses acordes como um dos três destacados, entre, “Smoke On The Water” do Deep Purple, e “Highway To Hell” do AC/DC.