Krist Novoselic defende preservação de shows do Nirvana com ajuda da IA.

Baixista do Nirvana deu uma entrevista a revista Mojo no dia em que Kurt completava 30 anos de morto. 

No dia 5 de abril, o músico Krist Novoselic relembrou seu ex-colega de banda Kurt Cobain, no dia que marcou o 30º aniversário da morte do vocalista do Nirvana. Cobain, figura do rock e da cena grunge dos anos 90, faleceu por suicídio em 1994.

Em entrevista à revista Mojo, Novoselic recordou a turnê norte-americana “In Utero”, destacando a performance memorável de Cobain na abertura em Phoenix. “Kurt carregava o show”, relata o baixista, enfatizando o profissionalismo da banda e a qualidade da apresentação, com uma seção acústica e um cenário grandioso.

Krist Novoselic defende preservação de shows do Nirvana com ajuda da IA.
Krist Novoselic. Getty Images

“Então fizemos um show para as pessoas: uma seção acústica, um cenário incrível. Era tudo uma questão de ser uma banda de classe mundial.”

Krist também abordou a importância de preservar os registros ao vivo do Nirvana. “Os shows são demais e precisam ser ouvidos”, afirma. “Eles precisam ser ouvidos. Agora, com a IA, você pode pegar uma mixagem estéreo e depois dividi-la em uma multipista. Assim você pode obter mixagens realmente boas. Eles parecem crus. E você leva Kurt até lá, que está apenas fazendo o show. Incrível.”

O dia que o Nirvana se vingou do público argentino.

Questionado sobre a força duradoura do Nirvana, Novoselic atribui o sucesso à combinação única de carisma, intensidade e talento musical de Cobain. “É Kurt – ele tinha esse carisma, essa intensidade que era, e ainda é, atraente para as pessoas. E então ele tinha o talento para a melodia. Algo veio de dentro.”

Nirvana virtual.

Sobre a possibilidade de uma reunião virtual do Nirvana, similar ao projeto ABBA Voyage, Novoselic brinca com a ideia, dizendo “nunca se sabe!”. Contudo, apesar de descartar a possibilidade inicialmente, ele demonstra entusiasmo com a chance de novas reuniões. Sobretudo, com Dave Grohl e vocalistas convidados, como aconteceu com Paul McCartney em 2012.

Por fim, a filha de Kurt, Frances, também postou uma homenagem ao pai, onde entre coisas diz: “Gostava de ter conhecido o meu pai. Gostava de saber a cadência da sua voz, como ele gostava do seu café ou a sensação de estar aconchegado depois de uma história para dormir. Então, Veja:

Frances, filha de Kurt Cobain, compartilha mensagem emocionante em homenagem pai.