The Beatles: “Norwegian wood” uma canção sobre uma pulada de cerca

A história por trás da canção, “Nowergian Wood”, de John Lennon

A primeira fase dos Beatles tinha letras que falavam de amor e romance, com uma pegada até ingênua. Mas a realidade é que os meninos de Liverpool vinham de uma temporada barra pesada nos bares portuários de Hamburgo, e foi Brian Epstein quem moldou a imagem “bom moço” da banda.

No entanto, a partir do álbum Beatles for Sale, por conta da experiência com a maconha e da influência de Bob Dylan, a banda começa a produzir letras mais introspectivas, questionadoras e cheias de metáforas.

Afinal, John Lennon vinha da escola de arte, Paul McCartney começou a ter contato com o cenário artístico de Londres pelo fato de namorar a atriz Jane Asher e, obviamente, a amizade com o existencialismo dos amigos alemães Astrid Kirrcher, Klaus Voormann e Jurgen Vollmer no começo dos anos 60 fez com que os rapazes buscassem maior gabarito artístico.

The Beatles: Penny Lane uma canção sobre sexo e drogas.

Neste texto, vamos destacar uma das canções que somente os fãs mais ávidos dos Beatles conhecem o verdadeiro significado, ou talvez nem todos.

A música é “Norwegian Wood”, composição de John Lennon presente no álbum Rubber Soul, de 1965.

“Norwegian Wood (This bird has flown)”

Sim, “Norwegian Wood” é uma música sobre pulada de cerca de John Lennon.

A história é a seguinte: Robert Freeman era um fotógrafo que já havia feito fotos para algumas capas de álbuns da banda, como “With The Beatles”, “Beatles For Sale”, “Help!” e “Rubber Soul” (lembra da foto distorcida), “Revolver’ e era casado com a modelo Sonny Drane Freeman.

 

Robert e Sonny fizeram os primeiros calendários da Pirelli, ele como fotógrafo e ela como modelo. Pernas longas, cabelos curtos, a moça frequentemente era chamada para campanhas publicitárias.

O casal era muito próximo de John e Cynthia Lennon, tanto é que moravam em um apartamento abaixo deles por volta do ano de 1964. Sonny chamou a atenção de John, e os dois eram vistos frequentemente em longas conversas, principalmente quando Robert e Cynthia estavam fora.

Sonny dizia ser norueguesa, mas era alemã. E aí começam as referências da canção. Outro fato é que os apartamentos naquele prédio tinham o piso de madeira norueguesa (“Norwegian Wood”), e vejam só a coincidência:

“I once had a girl or should I say she once had me. She showed me her room, isn’t it good? Norwegian Wood” (certa vez eu tinha uma garota, ou seria melhor dizer que ela me tinha? Ela me mostrou seu quarto, madeira norueguesa, não é bacana?”)

E o parêntese do título e última frase da canção, “This bird has flown”, não quer dizer que “o pássaro tenha voado”, mas “This bird” era uma gíria usada para se referir a garotas também. Ou seja, “a garota se foi”.

A dúvida

Cynthia desconfiava do caso de Lennon, Robert Freeman talvez não. O fato é que a partir de 1965 ou 66, Freeman deixou de trabalhar com os Beatles, teria descoberto o caso através da canção “Nowergian Wood”, presente no álbum “Rubber Soul”, álbum cuja a capa, ele criou?

“Nowergian Wood (The bird has flow)” foi a primeira canção dos Beatles que George Harrison usou a cítara, instrumento indiano

Por fim, Robert Freeman morreu em 2014, e Sonny Drane ainda está viva, no entanto fora da mídia. A história é contada no livro de Phillip Norman, “John Lennon: the life”