Prefeito de Joinville critica decreto de restrições do Governo.

O prefeito de Joinville, Udo Döhler, reagiu com perplexidade em relação ao decreto do Governo do Estado, Carlos Moisés, em relação as novas restrições em virtude da elevação do nível – Alerta gravíssimo – para contaminação por COVID-19.

O decreto, em resumo, proibiu a circulação de transporte público municipal e estadual, além de restringir a circulação de pessoas em parques, praças e praias em sete regiões, sendo Joinville uma delas.

Udo Döhler, ressaltou que as prefeituras sequer foram consultadas. “Isto não é um desabafo e nem estou dizendo se o novo decreto é adequado ou não, mas o que nos deixa perplexos e desapontados é a falta de contato com as prefeituras, de mais uma vez as medidas serem impostas goela abaixo”. Disse.

O prefeito ainda lembrou que até o momento, os 20 leitos de UTI prometidos para serem instalados no Hospital Regional ainda não foram efetivados. A prefeitura de Joinville emitiu uma nota no começo da noite de sexta-feira, (17).

Confira a nota da Prefeitura

A Prefeitura de Joinville recebeu com surpresa e perplexidade a decisão do Governo do Estado de Santa Catarina em aumentar as restrições sem ao menos ter consultado o Município e a região.

A Prefeitura de Joinville sempre esteve aberta ao diálogo e, por isso, esperava uma decisão compartilhada do Estado.

Joinville está agindo de forma equilibrada nas ações de combate ao coronavírus, para que não haja prejuízos maiores à economia e que prevaleçam as medidas de proteção à vida.

A Prefeitura de Joinville espera mais apoio do Estado para ampliar a estrutura de tratamento intensivo na rede pública do município e da região, haja visto que os investimentos até o momento realizados pelo Estado foram insuficientes.

Essa limitação exigiu que a própria Prefeitura tomasse frente em ajudar na ampliação de leitos em área de responsabilidade do Estado.

O Município de Joinville reforça a necessidade de mais participação e sincronismo nas decisões do governo catarinense e que as mesmas estejam alinhadas com a realidade do nosso município e região.


Até a noite de sexta-feira, os dados para coronavírus no município estavam em, 27.973 notificados, 79 mortes, 1.544 pacientes em isolamento familiar, 130 internados, sendo 62 em UTI e 68 em enfermaria, além de 2.731 recuperados.