O Submarino Verde e Amarelo: uma Homenagem Brasileira às Canções dos Beatles

Conheça o álbum lançado em 2000 que reúne artistas brasileiros em releituras únicas dos clássicos dos Beatles.

Por Sandro Abecassis

O Submarino Verde e Amarelo, 1º edição, foi um álbum lançado em 2000 que reúne algumas das maiores estrelas da música brasileira em releituras de canções dos Beatles. O projeto foi produzido pela Produtora Segredo de Estado, reunindo um elenco estelar de artistas para homenagear uma das bandas mais icônicas da história da música.

A ideia de fazer uma homenagem aos Beatles não é nova, mas o Submarino Verde e Amarelo apresenta uma abordagem única e original. Em vez de simplesmente copiar as versões originais das músicas, os artistas brasileiros deram às canções um toque pessoal e transformaram-nas em algo completamente novo.

Os artistas

Principal

Entre os artistas que participaram do álbum estão nomes como Roberto Frejat, Beto Guedes, Zélia Duncan, Fernanda Takai, Zizi Possi, Zé Ramalho, Flávio Venturini, João Bosco e Cássia Eller. Cada um deles trouxe sua própria sensibilidade e estilo para as músicas, criando interpretações únicas que homenageiam tanto os Beatles quanto a riqueza da música brasileira.

O Submarino Verde e Amarelo apresenta uma seleção cuidadosa de músicas dos Beatles. Incluindo alguns dos seus maiores sucessos, como “Obla-di-obla-da”, “Nowhere man”, “Revolution”, “Penny Lane”, “The Long and winding road”, “Because”, e muitas outras. Cada faixa é tratada com reverência e respeito, mas também com a liberdade criativa que permite aos artistas deixar sua marca única na música.

O álbum começa com uma versão de “Obla-di-obla-da” interpretada por Samuel Rosa, que mantém a verão regueira imaginada por Paul McCartney. Em seguida, Roberto Frejat interpreta “Revolution”, cheia de metais, backing vocals e a potente voz do ex-barão vermelho.

Outros destaques incluem a versão emocionante de “Penny lane”, na voz e teclados de Flávio Venturi. Em “All you need is love”, todos os artistas se reúnem para cantar este hino  imortalizado pelos Beatles.

É importante mencionar que a falecida cantora brasileira Cássia Eller também contribuiu para o álbum com sua interpretação poderosa do medley, “Golden Slumbers / Carry That Weight / The End, com sua voz emocionante, o corte moicano, mostrando sua presença e carisma no palco, dando nova vida à música dos Beatles e ressaltando…que falta Eller faz.

Vale lembrar, que o baterista João Barone, Fernando Vidal, bem como, Vinicius Sá tocaram nesta edição.

A versão emocionante de Cássia Eller:

Então, veja o show completo aqui:

O projeto deu origem a um CD (raro de encontrar) e um DVD exibido pelo canal Multishow na época. Além disso, “O submarino Amarelo”, ganhou uma segunda edição em 2001.

O Submarino Verde e Amarelo não se limita apenas a reproduzir as músicas dos Beatles; ele também celebra a influência da banda na música brasileira. Muitos dos artistas que participaram do álbum foram influenciados pelos Beatles em sua própria música. Por fim, isso é evidente nas interpretações que apresentam.