Mortes trágicas no metal: Cliff Burton, Randy Rhoads e Cozy Powell

Listamos três talentos do heavy metal que saíram de cena cedo por conta de acidentes fatais. Então, confira:

Cliff Burton

Cliff Burton, 24, morreu em 27 de setembro de 1986, após um acidente com o ônibus do Metallica durante uma turnê na Suécia. 

O músico na noite do acidente ganhou durante um jogo de cartas o direito de dormir no beliche mais confortável das cabines. No entanto, devido ao gelo na pista, o ônibus derrapou e capotou, jogando o baixista para fora, e ainda parte do veículo caiu sobre Cliff, que morreu imediatamente.

Cliff foi cremado e suas cinzas foram jogadas em uma cerimônia em Maxwell Ranch no Colorado, ao som da música instrumental, “Orion” do disco Master Of Puppets

O músico era avesso à fama desmedida, morava ainda com os pais, e não gostava de ficar muito tempo fora de casa. Fã de jazz, blues e gastronomia. Muitos especialistas em metal acreditam que se Cliff não tivesse morrido, o Metallica não teria tomado um rumo, sobretudo mais popular.

Randy Rhoads

Randy Rhoads, 25 anos,  guitarrista da banda de Ozzy Osbourne morreu em um acidente de avião em 19 de março de 1982 na Flórida. Na ocasião a banda fazia uma pausa entre shows na casa do motorista do ônibus Andrew Aycock, que possuía um monomotor, mas estava com a licença vencida para voar. 

No entanto, após já ter feito alguns voos durante aquela manhã, Andrew convidou Rhoads e a maquiadora do Ozzy Rachel Youngblood para um passeio aéreo. Durante os voos, Andrew fez dois rasantes pela propriedade, passando sob o ônibus de Ozzy, no terceiro, o piloto raspou a asa no teto do veículo, bateu em um pinheiro e caiu explodindo na garagem de uma casa. Todos os integrantes morreram carbonizados. 

No entanto, boatos dizem que Andrew, que passava por divorcio, viu a esposa em solo e quis assustá-la com os rasantes.

Acima de tudo, Rhoads era um músico com técnica e criatividade, e um estilo clássico. Até hoje, Ozzy Osbourne lamenta e fala do amigo com inconformismo devido a uma morte tão precoce.

Cozy Powell

Powell, tocou bateria em bandas clássicas como por exemplo, Rainbow, WhiteSnake, Black Sabbath. Além disso fez parte dos grupos de Robert Plant e Jeff Beck.

O baterista morreu aos 50 anos de uma forma trágica em 05 de abril de 1998, próximo a Bristol na Inglaterra. Cozy dirigia sob o mau tempo a mais de 170 km/h seu Saab 9000, quando bateu violentamente 

Apesar de ainda ter chegado vivo ao hospital, o músico faleceu horas depois, exames identificaram um alto teor alcoólico no seu sangue. Por fim, as investigações indicam que o baterista falava ao celular com sua namorada, que chegou a ouvir o momento da batida.