Fundação BADESC promove live sobre opressão feminina.

Compartilhe

No próximo dia 31 de julho, às 19h00, a Fundação Cultural BADESC e a Escola Brasileira de Psicanálise – Seção Sul, promovem a edição da Sessão Psicanálise vai ao Cinema, abordando a opressão feminina. Portanto, d debate será online, sendo transmitido pelo canal da Fundação no Youtube.

O tema de estudo da Sessão, será o filme O Despertar das Formigas, dirigido pela diretora costarriquenha Antonella Sudasassi Furniss. A live vai contar com a participação da psicanalista e colaboradora da Associação de Estudos e Transmissão da Psicanálise Lacaniana no Paraná, Valéria Beatriz Araújo e da doutora em Filosofia pela PUC-Rio, Raquel de Azevedo.

O encontro será mediado pela cineasta e curadora do Cineclube da Fundação, Vanessa Sandre. O longa pode ser inclusive assistido gratuitamente no site Looke.


 O Despertar das Formigas

O enredo do filme conta a estória de Izabel, mãe, dona de casa, e costureira, que apesar de ter uma vida aparentemente tranquila, chega ao seu limite quando o marido deseja um novo filho.Izabel percebe que apesar de ter apreço, carinho e responsabilidade junto com o marido sobre a família, acima de tudo quer ser mulher. O título remete a rotina constante e quase sem mudança da vida das formigas, portanto fazendo uma analogia em relação a vida de Izabel. 

O Despertar das formigas é uma produção da Costa Rica e Espanha, do ano de 2019, com 94 minutos de duração. Por fim, tem no elenco, Daniela Valenciano, Leynar Gómez e Isabella Moscoso.

Sessão online Psicanálise vai ao Cinema fala sobre O Despertar das Formigas

Data: 31 de julho – sexta-feira
Horário: 19h
Local:  Canal da Fundação Cultural BADESC no YouTube (http://abre.ai/canalfundacaoculturalbadesc).

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat