Defesa civil prevê tempo estável em Santa Catarina no fim de semana.

Compartilhe
PREVISÃO PARA SÁBADO (03/07)

Um sistema de alta pressão atua sobre a região Sul e segue mantendo as condições de tempo estável em Santa Catarina. O dia começa com chance de geada isolada nos Planaltos e porção oeste. No decorrer do dia a previsão é de sol entre nuvens no estado. Sendo assim, a tarde, as temperaturas máximas chegam aos 21°C no Litoral Norte, Baixo Vale do Itajaí, 16°C no Planalto Sul e variam de 17°C a 20°C nas demais regiões. Ventos de sudoeste a sudeste, com fraca intensidade. Rajadas de ventos isoladas, em torno de 40 km/h. Não há risco de ocorrências meteorológicas.

PREVISÃO PARA DOMINGO (04/07)

Um sistema de alta pressão segue mantendo as condições de tempo estável (sol com algumas nuvens) em Santa Catarina. O dia inicia com chance de geada isolada e temperaturas mínimas perto dos 2°C no Planalto Sul. Na porção oeste, Planalto Norte, Grd. Florianópolis Serrana variam de 5°C a 10°C e nas demais regiões de 9°C a 16°C. No entanto, a tarde, as máximas variam de 16°C a 19°C nos Planaltos, 20°C a 24°C na porção oeste, litoral e áreas próximas. Ventos de nordeste com fraca intensidade. Rajadas de ventos ocasionais, principalmente, entre a Grd. Florianópolis e o Litoral Sul, da ordem de 45 km/h. Não há risco de ocorrências meteorológicas.

Publicidade
PREVISÃO PARA SEGUNDA-FEIRA (05/07)

Um sistema de alta pressão segue mantendo as condições de tempo estável (sol com algumas nuvens) em Santa Catarina. O dia inicia com chance de geada isolada e temperaturas mínimas perto dos 2°C no Planalto Sul. Na porção oeste, Planalto Norte, Grd. Florianópolis Serrana variam de 5°C a 10°C e nas demais regiões de 9°C a 16°C. Contudo, a tarde, as máximas variam de 16°C a 19°C nos Planaltos, 20°C a 24°C na porção oeste, litoral e áreas próximas. Ventos de nordeste com fraca intensidade. Rajadas de ventos ocasionais, principalmente, entre a Grd. Florianópolis bem como Litoral Sul, da ordem de 45 km/h. Não há risco de ocorrências meteorológicas.

Por fim, a orientação é que a população reforce os cuidados com crianças, idosos, e enfermos, que são mais vulneráveis ao frio. Quem tem animais de estimação, também deve tomar alguns cuidados, deixando as casinhas ou abrigos em boas condições, ou acolher dentro de casa.

Fonte: defesa civil.

WhatsApp chat