CPM 22 lança dois novos singles: “Mágoas Passadas” e “Dono da Verdade”

Novas faixas fazem parte do álbum “Enfrente”, que será lançando em Maio.

Na sexta-feira (5), o CPM 22 lançou dois novos singles, “Mágoas Passadas” e “Dono da Verdade”, disponíveis em todas as plataformas de streaming através da Ditto Music.

“Mágoas Passadas”, composta pelo guitarrista Luciano Garcia, apresenta uma balada punk rock dos anos 90, característica marcante do CPM 22, com influências de bandas como Social Distortion, Alkaline Trio e Weezer. Portanto, destaca-se o uso inédito de sintetizadores na música, com a participação de Pedro Pelotas (Cachorro Grande e Samuel Rosa). Responsável também pela execução de piano e órgão Hammond.

“O título tem um duplo sentido – mágoas do passado e mágoas que ficaram para trás – mas ela não fala exatamente de mágoas. A inspiração é o meu relacionamento e como minha companheira influencia de maneira positiva na minha vida em vários sentidos. A música fala de um amor adulto”, conta Luciano.

CPM 22 lança dois novos singles: "Mágoas Passadas" e "Dono da Verdade"
Capa álbum Enfrente / Arte: Zeca Barban

Inspiração

Um texto de Badaui foi o ponto de partida para a letra de “Dono da Verdade” assinada por ele e Luciano. Sendo assim, a música é a primeira composição gravada pelo CPM e assinada também pelo baixista Ali Zaher Jr.

“A versão final da música nasceu de uma composição que fiz pouco tempo depois que entrei na banda, em 2020. Eu tinha uma estrutura pra ela um pouco diferente dessa versão final do disco. O Badaui então trouxe um texto que se encaixava legal e a gente foi trabalhando a partir daí. O Luciano ajudou a organizar ela de uma maneira muito legal, que deu uma cara mais ‘urgente’ pra música, de uma maneira que valorizou ainda mais o arranjo inicial e a melodia do refrão”, conta Ali.

“Quando o Ali me mostrou a base dessa música a gente já estava quase fechando o repertório do disco e eu corri pra escrever essa letra que acabou saindo até que rápido, porque é o tipo de música que gosto de escrever. Eu fiz uma letra um pouco grande e mandei pro Luciano, que acabou lapidando e encaixou perfeitamente na melodia, o tema combinou muito com a base. Essa letra fala sobre o que acontece muito hoje em dia, essa necessidade de autoafirmação e a imposição da “verdade absoluta” a qualquer custo”. Conforme diz Badaui.

CPM22 – Crédito: Léo Muniz

LEIA TAMBÉM: Cazuza: para o público o cantor era a “Bete Balanço”.

“O Ali me mostrou uma gravação dessa música que ele compôs há muito tempo. Ela tinha uma melodia de oitavado, que é o tema da música, o começo dela. E eu falei que a gente devia usar ela como refrão. Eu, basicamente, organizei as partes dela, começamos pelo refrão, compus uma parte ou outra de guitarra base. Compus a melodia de voz das estrofes e acredito que ficou do jeito que a gente pretendia. Essa música é punk rock, bem CPM 22, na linha do Face to Face, que é uma banda que a gente gosta muito e é uma das nossas maiores influências”, conta Luciano.

“Na questão de composição foi, com certeza, um grande aprendizado pra mim poder ver como a música foi se transformando `a medida que trabalhamos nela, com o input tanto do Luciano quanto do Badauí. Fiquei muito feliz com o resultado”, finaliza Ali.

Por fim, “Mágoas Passadas” e “Dono da Verdade” fazem parte de Enfrente. Dessa forma, o novo álbum de estúdio do CPM 22, que tem lançamento previsto para o início de maio.