“Break On Through”, a transcendência da canção inspirada na Bossa brasileira.

Break On Through a música que abriu as portas da percepção do primeiro álbum da banda The Doors.

A música “Break On Through (To the Other Side)” é um clássico do rock and roll da banda norte-americana The Doors. Composta pelo vocalista Jim Morrison, a música lançada em 1967 abre o álbum de estreia homônimo da banda.

A canção se tornou um dos maiores sucessos da banda e um hino para a geração do rock psicodélico da época.

A letra de “Break On Through” é enigmática e cheia de imagens sugestivas que falam sobre a busca por liberdade, mudança e transcendência.

O refrão, “Break on through to the other side”, sugere a ideia de que há um mundo além do mundo físico e material, e que é possível alcançá-lo por meio da música, da arte e da expansão da consciência.

Livro "Ninguém daqui sai vivo", a biografia completa de Jim Morrison

A inspiração para canção veio de várias fontes. Sendo um poeta e estudante de cinema, Jim Morrison, era um grande admirador de Jack Kerouac, Arthur Rimbaud, Nietzsche, Camus e Jean-Paul Sartre. Sendo assim, era inevitável que este tipo de leitura não influenciasse as composições da banda.

Além disso Morrison também era fascinado pela cultura do povos originários norte-americanos, principalmente em relação ao xamanismo. O cantor frequentemente revelava sentir a presença ou ver os xamãs perto de si.

A dança do “Rei-lagarto”, foi inspirada nos rituais espirituais indígenas.

Sem dúvida as experiências pessoais de Morrison, que era conhecido por seus excessos e pela sua vida boêmia e intensa, também influenciaram a composição.

Um fato curioso, Jim se sentia protegido pelo colar que usava, a peça representava os filhos de Orixá-xangô presente nas religiões de origem africana cubanas, haitianas e brasileiras.  

Musicalmente

“Break On Through” é uma música vibrante e intensa, com riffs de guitarra poderosos e um ritmo acelerado que captura a energia e a urgência da letra.

O baterista John Densmore revelou que a concepção da bateria desta música teve inspiração na bossa nova brasileira, unido principalmente a elementos do jazz. 

A canção também apresenta uma seção de teclado marcante, tocada por Ray Manzarek, que se tornou uma marca registrada do som dos Doors.

O livro, Jim Morrison: ninguém sai vivo daqui, relata detalhes da composição.

“Ninguém sai vivo daqui”, ainda é a biografia definitiva sobre Jim Morrison.

1967, é um ano marcante para o rock. Musicalmente, os Beatles lançavam, “Sgt Pepper”, Beach Boys, “Smiley Smile”, a banda Pink Floyd lançava seu primeiro disco, o movimento Flower Power estava no seu auge.

E na sócio-política, é um ano de grandes movimentos sociais, contra a guerra e também a segregação racial no sul dos Estados Unidos.

Por fim, “Break On Through”, captura a busca por liberdade, transcendência e mudança que era tão característica da contracultura dos anos 60.