Artista Silvana Leal apresenta exposição no Palácio Cruz e Sousa

Transitions traz foto-instalações, pintura, escultura, gravura, performance, videoinstalações e desenhos digitais da artista multimeios catarinense. Exposição pode ser visitada a partir de 27 de julho

A artista multimeios Silvana Leal inaugura sua nova exposição Transitions nesta quinta-feira, dia 27 de julho, a partir das 19h, no Museu Histórico de SC – Palácio Cruz e Sousa. A mostra tem curadoria do artista Franzói e traz trabalhos inéditos da artista catarinense. 

A exposição conta com foto-instalações, pintura, escultura, gravura, performance, videoinstalações e desenhos digitais, além do lançamento do tão aguardado livro-objeto “A lenda do artista”, ganhador do Prêmio Aldir Blanc 2021, na categoria experimentações artísticas.

A mostra trata de temas emergenciais que refletem o devir humano em todo o seu caráter universal e político. Sua relevância pode ser atribuída às reflexões que o trabalho da artista propõe – o de levantar questões atuais sobre ecologia humana, questões políticas, ambientais, feministas e fundamentalmente existenciais, que suscitam desafios da nova era e abrem espaço para uma reflexão sobre as transformações que o mundo passa na atual sociedade. 

O projeto foi selecionado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura 2022, executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, na categoria artes visuais. 

Artistas convidadas

A exposição vai contar ainda com a participação das artistas Luana Callai e Karina Chmura, da cidade de Capinzal, que foram selecionadas por meio da convocatória pública Ligações Possíveis – Mulheres na Arte. Esta ação dentro da exposição visa reunir artistas mulheres de diferentes gerações em torno de um objetivo em comum: pensar as ferramentas do compartilhamento afetivo como ampliação de potências dos resultados artísticos.

Auto retrato Silvana Leal

A ideia central é de compartilhar experiências entre as artistas, com viés de oportunizar que artistas mulheres, do interior do estado, possam obter maior visibilidade ao expor sua obra no Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa.

Participa ainda da mostra como artista convidada de Florianópolis a artista visual Maria Luiza Amorim, que vai apresentar dois de seus principais trabalhos: “Maré Vermelha” e “Sonhei que Sonhávamos Juntas”. O fio de diálogo entre os trabalhos de Silvana Leal e Maria Luiza foram alinhavados pelas semelhanças conceituais de suas imagens fotográficas, que criam transições entre o real e o imaginário. 

Já a artista colombiana San Cifuentes, radicada na Ilha, apresentará a obra “Círculo transitório”. O diálogo com as obras de Silvana perpassa pela ideia de que cada momento vivido no tempo nos ensina algo, e cada conexão com outro ser nos faz evoluir e nos leva a transcendência. 

Durante os 63 dias que a mostra estará em exibição, haverá ainda eventos educativos e lançamento do catálogo. Para saber mais, acesse a agenda do Ateliê Casa das Ideias no site www.ateliecasadasideias.com ou no site da artista www.silvanalealart.com 

Então, agende:

O quê:  Abertura  da Exposição Transitions de Silvana Leal
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina  – Palácio Cruz e Sousa
Quando: Dia 27/07/23 (quinta), a partir das 19h.

Visitação: terça a sexta das 10h às 18h, sábados e feriados das 10h às 14h com entrada gratuita.

Por fim, aos domingos e segundas a exposição estará fechada.