Alice In Chains anuncia edição comemorativa de “Jar Of Flies”

Compartilhe

“Jar Of Flies”, lançado em 1994 figurou entre os primeiros lugares da Billboard.

A banda Alice In Chains anunciou nesta quinta-feira, 25, uma edição comemorativa de 30 anos do EP “Jar Of Flies”.

O lançamento conta com um LP de vinil padrão e ao mesmo tempo, uma série em cores de 12 polegadas, além de cassete e um box de luxo em vinil. Outra novidade para animar os fãs é um livro em capa dura com 60 páginas, acompanhado de um pôster frente e verso. 

O álbum, “Jar Of Flies”, ficou entre os primeiros lugares na Billboard em janeiro de 1994. Portanto, dentre as faixas estão, “No Excuses”, “I Stay Away”, e “Don´t Follow”. 

A capa do EP conta com um garoto observando um pote de vidro com moscas. A inspiração para esta capa surgiu de uma lembrança do guitarrista Jerry Cantrell, quando ele estudava na 3ª série e teve que fazer um experimento semelhante na aula de ciências. 

Alice In Chains anuncia edição comemorativa de "Jar Of Flies"

O vocalista Layne Staley comentou na época:

“Eles lhe deram dois jarros cheios de moscas. Um dos jarros eles super alimentaram, e o outro jarro eles sub alimentaram. Aquele que eles super alimentaram floresceu por um tempo, então todas as moscas morreram pela superpopulação. Aqueles que eles se alimentavam tinham a maior parte de suas moscas sobrevivendo o ano todo. Eu acho que há uma mensagem nisso em algum lugar. Evidentemente esse experimento teve um grande impacto no Jerry.”

As curiosidades da capa de “Dirt”, 2º álbum do Alice in Chains.

A canção do álbum, “No Excuses”, que alcançou os primeiros lugares na Billboard, falava justamente sobre a dificuldade de Staley em largar o vício em heroína e cocaína. 

Layne Staley

Infelizmente, Layne Staley foi encontrado morto no dia 5 de abril de 2002. Ele passou semanas sem dar qualquer notícia, quando a empresária Susan Silver, ligou preocupada para a mãe de Layne, Nancy, informando que há duas semanas não haviam saques na conta dele. Sendo assim, a mãe acionou o serviço de emergência, e acharam o corpo do vocalista em alto estado de decomposição. 

Por fim, a autópsia revelou que o vocalista morreu de overdose de heroína e cocaína. Então, fique  com “No Excuses”: