A arrecadação da bilheteria de Barbie e Oppenheimer pode cobrir custos de produção já em sua estreia

Compartilhe

Barbie e Oppenheimer devem bater recordes de bilheteria pagando quase todo o orçamento dos filmes em um único fim de semana.

As estreias mais aguardadas do cinema neste primeiro semestre de 2023, sem dúvida são “Barbie” e “Oppenheimer”. Ambas produções estrearam nesta última quinta-feira, 20 em todo mundo. 

Surgindo até um trocadilho com os filmes, “Barbenheimer finalmente chegou”.

Esta é a maior batalha de bilheteria dos últimos anos. E números já indicaram que Barbie, da Warner faturou U$ 22,3 milhões em bilheterias domésticas mundiais, contra U$ 10,5 milhões de Oppenheimer da Universal

Saiba como foi criada a boneca Barbie

No entanto, a comparação é injusta, pelo fato de que os filmes tem públicos diferentes. “Barbie” é mais popular, engraçado, cheio de aventura, e retrata uma boneca que a décadas encanta meninas no mundo inteiro. Já “Oppenheimer” tem o viés mais adulto, apesar de ser uma história real. 

A arrecadação da bilheteria de Barbie" e Oppenheimer pode cobrir custos de produção já em sua estreia

Bateu a meta

A estimativa é que neste final de semana, o filme estrelado por Margot Robbie chegue perto do U$ 140 milhões, enquanto a produção de Christopher Nolan e Cillian Murphy pode chegar a U$ 50 milhões. Se a previsão confirmar, somente neste final de semana a bilheteria já quase paga o custo de produção de “Barbie” que chegou a U$ 145 milhões. “Oppenheimer” teve um orçamento total de U$ 100 milhões e está bem quanto a bilheteria. 

Em “Barbie”, Robbie dá vida à boneca e viaja da Barbie-Land para a Terra com Ryan Gosling como seu Ken. O elenco também inclui Issa Rae, America Ferrera, Kate McKinnon, Michael Cera, Simu Liu, Helen Mirren, Will Ferrell e muitos mais.

“Eu, Tonya”, o filme que poderia ter dado o Oscar a Margot Robbie.

“Oppenheimer”, por outro lado, traça a vida e a carreira de J. Robert Oppenheimer, o pai da bomba atômica, ao longo de várias décadas. Nolan recrutou seu frequente colaborador Murphy como a figura histórica distinta, e o elenco conta com Emily Blunt, Matt Damon, Robert Downey Jr., Florence Pugh, Casey Affleck, Josh Hartnett, Benny Safdie, Kenneth Branagh, Rami Malek e muitos, muitos mais.

O campeão de bilheteria do último fim de semana, “Missão: Impossível – Parte Um”, de Tom Cruise, terá que se contentar com o terceiro lugar. Espera-se que ganhe de US $ 28 milhões a US $ 30 milhões em seu segundo fim de semana.