Tracy Chapman, por onde anda a autora de “Fast Car”?

Compartilhe

A última aparição de Tracy Chapman aconteceu durante o Grammy este ano.

Tracy Chapman, completou 60 anos no último dia 20 de março. Levando uma vida reservada, a cantora fez uma aparição ao lado de Luke Combs na edição do Grammy em fevereiro, fazendo um duo de “Fast Car”, seu hit de 1998, que voltou às paradas por conta de uma versão de Combs. 

O último álbum de Tracy Chapman foi lançado em 2008, “Our Bright Future”. Desde então ela faz poucas apresentações, e sempre levou uma vida reclusa e privada, principalmente após o grande sucesso no fim dos anos 80, com canções como a canção, “Baby Can I Hold You”, de 1988.

A cantora atribuiu sua pouca presença social à timidez: “Estar sob os olhos do público e sob os holofotes foi, e ainda é, até certo ponto, desconfortável para mim”. Conforme disse ao “The Irish Times” em 2015. E ainda completou, “De alguma maneira tudo o que aconteceu na minha vida a vida me preparou para esta carreira. Mas sou um pouco tímida.”

Tracy Chapman, por onde anda a autora de "Fast Car"?
Tracy. Getty Images

As últimas apresentações relevantes aconteceram em 2012, ao lado de Buddy Guy no Kennedy Honor Center. Em 2015 esteve no programa de David Letterman, cantando, “Stand By Me”, e na véspera da eleição de 2020 e participou do programa “Late Night With Seth Meyers”, tocando ao vivo, “Talkin’ Bout a Revolution” do seu primeiro álbum. Inclusive nesta apresentação, ela incentivou os eleitores norte-americanos a votarem.

Então, Veja a versão de “Stand By Me”:

Chapman mora em São Francisco, na Califórnia, e não participa de ações sociais, e leva uma vida comum, visitando livrarias, comprando comida para os seus cachorros e comprando pão nas padarias locais. Tracy chegou até a ser jurada em um programa de bolsas para o ensino médio da Fundação Beach Blanket Babylon. 

Tracy Chapman, por onde anda a autora de "Fast Car"?

Tracy Chapman tem um relacionamento com a atriz Guinevere Turner desde 2010, e as vezes vai a eventos junto com Turner. 

Guinevere e Tracy. Getty images

Rick McLaughlin, diretor da rádio WFUV que torce para que após o Grammy Tracy resolva votar aos palcos. “Sempre houve demanda para que Tracy Chapman voltasse a se apresentar. Tracy Chapman é uma artista que segue sua musa, não a demanda do mercado. Se ela baseasse sua decisão apenas na demanda, teria voltado a fazer turnês anos atrás.” Conforme relatou.