The Who: em 1967 a banda explodiu uma bateria ao vivo na TV.

A banda The Who, era acostumada a quebrar instrumentos no palco. Contudo, em 1967, eles não só quebraram, mas explodiram instrumentos ao vivo na TV.

Na primeira metade da década de 60, o rock ficou marcado pelo surgimento de bandas inglesas, que conquistaram, principalmente, o mercado dos Estados Unidos. Fato apelidado como, “Invasão Britânica”, representado pelos Beatles, Rolling Stones, Kinks, Animals e a banda The Who.

Qualquer passo destes grupos virava notícia, além disso, cada uma delas tinha uma peculiaridade. Os Beatles pareciam os bons moços, e os Rolling Stones e a banda The Who ganharam fama de rebeldes. Título estabelecido, acima de tudo pelas performances dos roqueiros no palco. O apelo sexual de Mick Jagger e Roger Daltrey, e a energia de Keith Richards, Pete Townshend e Keith Moon. Aliás, os dois últimos tinham o hábito de quebrar instrumentos no palco nos shows do The Who. 

Explosão em um programa de TV

Sendo assim, em 1967, a banda The Who recebeu o convite para participar ao vivo do programa de TV americano, “The Smothers Brothers Comedy Hour”. Os apresentadores, Tommy e Timmy Smother, sabendo das atitudes de quebra-quebra nos show do The Who, fizeram a proposta para que a banda colocasse um pequeno explosivo na bateria de Keith Moon. O combinado era o seguinte, ao final da apresentação, Keith começaria a quebrar a bateria, e Pete quebraria o violão, e então o material explosivo do kit de bateria seria acionado por controle remoto e explodiria. Roger Daltrey olharia espantado para a cena. Tudo seria interpretado e ensaiado pelo grupo.

Contudo, o espevitado baterista Keith Moon, decidiu pregar uma peça e insistiu para que o técnico de efeitos colocasse três vezes mais explosivos. 

A banda tocou, e no final começou a quebrar os instrumentos e acionaram os explosivos. A explosão foi tão forte que estilhaças atingiram técnicos de TV, e chegaram a quebrar um pedaço do prato da bateria ferindo Keith Moon. Um outro detalhe, a explosão causou até problemas auditivos no guitarrista Pete Townshend. Conta a lenda, que a atual surdez parcial do músico teria se originado ali. No entanto, Pete nega, e diz que a condição atual seria por anos dentro de estúdios e shows. 

O fato está na biografia, Keith Moon: A vida e a morte de uma lenda do rock. Por fim, veja abaixo, o vídeo do momento da explosão: