Saiba como foi criada a boneca Barbie

A boneca “Barbie” criada no fim dos anos 50 representou uma revolução na concepção de brinquedos da época por trazer uma mensagem de liberdade e poder para meninas e mulheres.

O filme “Barbie”, interpretado por Margot Robbie, trouxe uma versão moderna da boneca mais famosa do mundo. No entanto, ao longo de décadas a história deste brinquedo encantou crianças em grande parte do mundo. Mas afinal, como foi criada a boneca?

Ruth Handler, a empresária visionária, co-fundadora e presidente da Mattel, infelizmente faleceu em 2002, deixando um legado eterno por trás de sua criação.

Tudo começou quando ela observou sua filha brincando com suas amigas, utilizando bonequinhas de papel para projetar seus sonhos e aspirações futuras como mulheres adultas.

Essa observação sutil inspirou Ruth a pensar: “Não seria ótimo se pudesse tridimensionalizar essa brincadeira?”. Foi a partir desse momento que a ideia revolucionária de criar uma nova boneca surgiu em sua mente brilhante no final dos anos 50.

Com o nome da filha, Barbara Handler, como inspiração para a boneca, Ruth decidiu batizá-la de Barbie. A conexão entre mãe e filha se tornou uma peça essencial na construção da história da boneca que conquistou o mundo.

As primeiras Barbies eram fabricadas no Japão, e usavam um rabo de cavalo exclusivo, e um maiô em listrado em preto e branco. Contudo, ao longo das décadas a boneca foi se adaptando, mudando os olhos, seios, e articulações. 

Nova estratégia

A partir do final dos anos 70, uma estratégia de marketing pensou em criar outros itens para a boneca, como a casa, o carro, banheira, além de diversos figurinos. E para se tornar cada vez mais popular, a empresa personalizou diversas profissões para o brinquedo, como a Barbie médica, esportista, cantora, e outras funções. 

Além do mais, recentemente passou a trazer a Barbie com traços hispânicos, afro-americanos e até orientais e nos últimos anos com algum tipo de necessidade especial para se tornar inclusiva. Ou até mesmo mais baixa, mais gordinha, assim como cabelos mais diversos. Do mesmo, o seu namorado Ken.

A editora inglesa Random House possuí um book que conta a biografia da Barbie. 

Por fim, o filme Barbie é mais do que uma simples adaptação cinematográfica de uma boneca icônica; é uma jornada poderosa que resgata a essência da personagem enquanto a redefine para as próximas gerações.

A arrecadação da bilheteria de Barbie e Oppenheimer pode cobrir custos de produção já em sua estreia

Barbara, que hoje tem 82 anos têm seu legado imortalizado através da história da Barbie, que continuará a ser uma fonte de empoderamento para meninas e mulheres de todo o mundo, inspirando-as a serem tudo o que desejam ser.