Relembre artistas que também foram vitimas de acidentes aéreos.

Compartilhe

Artistas nacionais e estrangeiros já foram vítimas de acidentes aéreos

No fim da tarde desta sexta-feira, 05, o avião que a cantora sertaneja Marília Mendonça, 26 anos, caiu em uma área de cachoeira na serra de Piedade de Caratinga (MG), vitimando a artista, seu produtor, o tio, além do piloto e copiloto da aeronave. Marília Mendonça, voltava a fazer turnês pelo Brasil, e já tinha uma agenda para o final do mês em cidades europeias, como, Londres, Porto, Lisboa e Bruxelas com o projeto, “As patroas”, junto com Maiara e Maraísa.

Marília Mendonça foi artista mais ouvida no Brasil em 2019 e em 2020 | Exame

Com mais de 35 milhões de seguidores em redes sociais, fãs em todas as regiões do país, o acidente já causa uma comoção nacional, a exemplo de outros casos de artistas que morreram em acidentes aéreos. 

Buddy Holly, Ritchie Valens e The Big Bopper” Richardson

Em 3 de fevereiro de 1959, o avião que levava os emergentes astros do rock, Buddy Holly, 22, Ritchie Valens, 17, e The Big Bopper” Richardson, 29, caia em Iowa, devido ao mau tempo e erro do piloto, matando os três músicos e tripulação. O ocorrido foi homenageado pelo cantor Don McLean, com a canção, “American pie” em 1971, e no ano de 1987 o filme, “La bamba”, conta a história de Ritchie Valens, e do fatídico acidente. 

Randy Rhodes 

Primeira guitarra de Randy Rhoads volta à família mais de um ano depois de  ter sido roubada - A Rádio Rock - 89,1 FM - SP

No ano de 1982, o guitarrista em Ascenção, Randy Rhodes, 25, anos tocava na banda de Ozzy Osbourne. O músico vivia um dos melhores momentos da carreira, quando no dia 19 de março, em Leesburg, na Florida, o avião que o levava explodiu após bater em um hangar, antes do acidente o piloto da aeronave fazia rasantes na região e havia batido no teto de um ônibus.

Steve Ray Vaughan

Stevie Ray Vaughan era criticado nos anos 80, diz Bonamassa

No dia 27 de agosto de 1990, o músico de blues Steve Ray Vaughan, morreu após o helicóptero que voava bater em uma pista de esqui em East Troy, Wisconsin. O tempo estava bastante nublado e colaborou para o acidente. O músico havia feito seu último show com Eric Clapton horas antes. 

Mamonas assassinas 

Marília Mendonça: Relembre outras personalidades que foram vítimas de  acidentes aéreos - Jornal O Globo

No dia 02 de março de 1996, o Brasil amanhecia triste, a banda Mamonas Assassinas, composta por Dinho, Bento, Sérgio, Júlio e Samuel morriam em acidente aéreo na serra da Cantareira em São Paulo. Além dos músicos, morreram o piloto e copiloto e também o rodie do grupo. Os Mamonas assassinas viviam um sucesso meteórico, fazendo até três shows por dia, por coincidência a banda já tinha datas marcadas para shows em Portugal, semelhante ao que ocorreria com a cantora Marília Mendonça.  

Gabriel Diniz

Tragédias na música sertaneja: Cristiano Araújo, Gabriel Diniz e Marília  Mendonça

Autor do sucesso, “Jenifer”, Gabriel Diniz morreu após o avião que o levava para Maceió cair no dia 27 de maio de 2019, em Estância, no estado de Sergipe. As investigações apontam que a aeronave não tinha autorização para o transporte de pessoas, no voo morreram também o piloto e copiloto da aeronave.   

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat