Os Beatles, anunciam data de lançamento de “Now And Then”

Compartilhe

Nesta quarta-feira, 26 de outubro, depois de uma enigmática postagem com uma fita cassete rodando sem áudio dos Beatles, finalmente foi confirmado que realmente se tratava do lançamento da nova música, “Now And Then”, gravada em uma fita cassete em 1978, e semelhante como aconteceu com “Free As a Bird”, a canção recebeu as vozes e instrumento de George e Paul e Ringo. Além de tratamento tecnológico através da Inteligência Artificial.

A música será lançada oficialmente no dia 2 de novembro, como consta no anúncio oficial dos Beatles. Confira o comunicado:

“Juntos e separados, os Beatles sempre tiveram talento para o inesperado. E agora, 2023 traz um dos lançamentos mais esperados de sua longa e interminável história. “Now And Then” é a última música dos Beatles – escrita e cantada por John Lennon, desenvolvida e trabalhada por Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, e agora finalmente finalizada por Paul e Ringo mais de quatro décadas depois.

“Now And Then” será lançado mundialmente às 14h GMT/10h EDT/7h PDT na quinta-feira, 2 de novembro pela Apple Corps Ltd./Capitol/UMe. O single duplo A-side combina a última música dos Beatles com a primeira: o single de estreia da banda no Reino Unido em 1962, “Love Me Do”, uma contrapartida de círculo completo verdadeiramente adequada para “Now And Then”. Ambas as músicas são mixadas em estéreo e Dolby Atmos, e o lançamento traz capa original do renomado artista Ed Ruscha. O novo videoclipe de “Now And Then” será lançado na sexta-feira, 3 de novembro. Mais detalhes, incluindo planos de estreia global, serão anunciados”.

Na realidade, “Now And Then”, iria fazer parte do projeto Anthology no começo dos anos 90, no entanto ficou fora por divergências entre os três. 

A história de “Now And Then” começa no final dos anos 1970, quando John gravou uma demo com voz e piano em sua casa no Dakota Building, em Nova York. Em 1994, sua esposa, Yoko Ono Lennon, deu a gravação para Paul, George e Ringo, junto com as demos de John para “Free As A Bird” e “Real Love”, que foram ambas concluídas como novas músicas dos Beatles e lançadas respectivamente como singles. em 1995 e 1996, como parte do projeto The Beatles Anthology. Ao mesmo tempo, Paul, George e Ringo também gravaram novas partes e completaram uma mixagem aproximada de “Now And Then” com o produtor Jeff Lynne. Nesse ponto, as limitações tecnológicas impediram que os vocais e o piano de John fossem separados para alcançar a mixagem clara e sem nuvens necessária para finalizar a música. “Now And Then” foi arquivado, com a esperança de que um dia fosse revisitado.

Corta para 2021, e o lançamento da série documental “The Beatles: Get Back”, dirigida por Peter Jackson, que surpreendeu os espectadores com seu premiado filme e restauração de áudio. Usando a tecnologia de áudio MAL da WingNut Films, a equipe de Jackson mixou a trilha sonora mono do filme, conseguindo isolar instrumentos e vocais, e todas as vozes individuais nas conversas dos Beatles. Essa conquista abriu caminho para o novo mix de Revolver de 2022, proveniente diretamente das fitas master de quatro faixas. Isso levou a uma pergunta: o que poderia ser feito agora com a demo “Now And Then”? Peter Jackson e sua equipe de som, liderada por Emile de la Rey, aplicaram a mesma técnica à gravação caseira original de John, preservando a clareza e integridade de sua performance vocal original, separando-a do piano.

Em 2022, Paul e Ringo começaram a completar a música. Além do vocal de John, “Now And Then” inclui guitarra elétrica e acústica gravada em 1995 por George, a nova parte de bateria de Ringo e baixo, guitarra e piano de Paul, que combina com a forma original de John. Paul adicionou um solo de slide guitar inspirado em George; ele e Ringo também contribuíram com backing vocals para o refrão.

Em Los Angeles, Paul supervisionou uma sessão de gravação no Capitol Studios para o melancólico arranjo de cordas da música, essencialmente dos Beatles, escrito por Giles Martin, Paul e Ben Foster. Paul e Giles também adicionaram um último toque maravilhosamente sutil: backing vocals das gravações originais de “Here, There And Everywhere”, “Eleanor Rigby” e “ Because”, entrelaçados na nova música usando as técnicas aperfeiçoadas durante a produção do LOVE show e álbum. A faixa finalizada foi produzida por Paul e Giles e mixada por Spike Stent.

Paul diz: “Lá estava a voz de John, cristalina. É bastante emocionante. E todos nós tocamos nela, é uma gravação genuína dos Beatles. Em 2023, ainda estar trabalhando na música dos Beatles e prestes a lançar uma nova música que o público ainda não ouviu, acho que é uma coisa emocionante.”

Ringo diz: “Foi o mais perto que chegamos de tê-lo de volta na sala, então foi muito emocionante para todos nós. Era como se John estivesse lá, você sabe. Está longe.”

Olivia Harrison diz: “Em 1995, depois de vários dias no estúdio trabalhando na faixa, George sentiu que os problemas técnicos com a demo eram intransponíveis e concluiu que não era possível terminar a faixa com um padrão alto o suficiente. Se ele estivesse aqui hoje, Dhani e eu sabemos que ele teria se juntado de todo o coração a Paul e Ringo para completar a gravação de ‘Now And Then’”.

Por fim, Paul McCartney desembarca no Brasil a partir de novembro para 8 shows no Brasil. Em Brasília (30/11), Belo Horizonte (3 e 4/12), São Paulo (7 e 9 e 10/12), Curitiba (13/12), Rio de Janeiro (16/12).