“O Vendedor de Ilusões”: documentário da Netflix Expõe esquema milionário de fraude

Prometendo retornos financeiros irreais, uma plataforma arrecadou milhões de dólares, mas acabou revelando um esquema de fraudulento. 

Uma das estreia da Netflix para este fim de semana, é o filme documentário, “O Vendedor de Ilusões: o caso geração Zoe”, sobre uma plataforma que prometia retorno financeiro irreal e estratosférico que arrecadou milhões e se transformou em um escândalo financeiro.

O documentário conta o nascimento da plataforma, mostrando principalmente a história do seu criador, Leonardo Cositorto, famoso por já ter um histórico entre a pobreza e riqueza, quando fundou a geração Zoe, descrita como, “comunidade educacional e criadora de recursos para o desenvolvimento pessoal, profissional, financeiro e espiritual”.

As operações da Geração Zoe na Argentina, seduziram as pessoas com a promessa de que se colocassem dinheiro na plataforma, o retorno seria de 7,5% ao mês, algo completamente fora da realidade do mercado financeiro. 

Religião com efeito psicológico. 

"O Vendedor de Ilusões": documentário da Netflix Expõe esquema milionário de fraude

Cositorto usava a religião, e ia no ponto chave do psicológico de pessoas que necessitam de dinheiro rápido, afinal, os primeiros aportes financeiros, realmente traziam retorno. Além disso, colocavam os membros em consultorias, viagens, cursos de desenvolvimento pessoal, algo como um sonho. Tanto é que a rede cresceu a ponto de ganhar destaque na mídia Argentina, e conseguindo chegar a países como, México, Estados Unidos e Espanha.

Contudo, em 2021, veículos de mídia começaram a investigar as ações do grupo, e descobriram que se tratava de um grande esquema de pirâmide. Afinal, os usuários começaram a chegar em um nível que não conseguiam mais sacar os aportes, ou seja, algo típico deste tipo de esquema. 

LEIA TAMBÉM: Nicolas Cage busca vingança e justiça em filme policial da Netflix

“O Vendedor de Ilusões” traz diversos depoimentos destas vítimas do esquema milionário de criptomoedas. Leonardo foi preso pela Interpol acusado de fraude e associação ilícita e aguarda julgamento. Mas sem pestanejar, o golpista alega que as acusações não passam de inveja. “Parece que as pessoas estão com muita inveja porque um livreiro comprou a maior mansão da América Latina”. Diz em sua defesa. 

Por fim, confira o trailer de “O Vendedor de Ilusões”.