Novo decreto em Joinville volta a proibir eventos por 14 dias.

Pandemia se agravou no município.
O prefeito de Joinville, Udo Döhler, assinou um novo decreto com restrições de atividades devido o aumento de casos do novo coronavírus.
A partir do dia 02 de dezembro estão suspensos por 14 dias em Joinville o funcionamento de Parques Aquáticos, eventos como (Palestras, seminários, feiras, exposições e eventos sociais em geral). Além do funcionamento de museus, bibliotecas, cinemas, teatros, casas noturnas, boates, Pubs, casas de shows.
A restrição serve também para concentração de pessoas em espaços públicos como (parques, rios, praças) realização de competições esportivas, jogos de futebol recreativo, confraternizações, eventos sociais, festas familiares, bem como festas em condomínios.
Bares, lanchonetes, restaurantes e similares somente com os devidos cuidados e 30% da capacidade total do estabelecimento. O  horário de atendimento será entre 6:00 e 23:00 horas, proibida música ao vivo e Dj’s, 4 pessoas por mesa e distanciamento de 1 metro. Além disso, estabelece índice de 50% de lotação em ônibus. 
Por fim, o descumprimento poderá ocasionar multa e interdição.
O prefeito Udo Döhler já iniciou a transição para Adriano Silva. Sendo assim, como o decreto tem validade por 14 dias. a decisão de novas restrições vai ficar sobre a responsabilidade da próxima gestão. 
Udo Döhler foi um dos críticos as decisões do Governo de estado com relação a pandemia. Inclusive emitindo uma nota de repúdio em relação as restrições impostas pelo Governador Carlos Moisés.