Filtro antiviral no ar condicionado de executivos elimina vírus e bactérias.

Compartilhe

Executivos voltam a ter ar condicionado ligados

Após aprovação de protocolo pela Vigilância Sanitária da Prefeitura de Florianópolis, os ônibus do serviço executivo do Consórcio Fênix, os amarelinhos, estão autorizados a circular com a utilização do ar condicionado.

Há quase um ano, a empresa desligou os aparelhos para que pudessem circular de janelas abertas durante a pandemia.

Esses equipamentos passam a contar, a partir de agora, com um tipo de manta com aditivos de ação antiviral e antibacteriana capazes de inativar vírus e bactérias que possam se alojar no produto, combatendo inclusive, o Coronavírus, causador da Covid-19.

A eficácia comprovada em testes feitos em laboratórios externos e por testes experimentais nos dois ônibus da linha Ponte Viva.

Como toda a circulação do ar interno desses tipos de ônibus passa por este filtro, a eliminação do vírus chega a 99%.

De acordo com a British, fabricante da manta filtrante, além da eliminação de até 99% dos vírus e 99,99% das bactérias que entram em contato com o filtro a tecnologia permite alta eficiência na filtragem de ar.

Além disso, promove a diminuição das contaminações virais e bacteriológicas generalizadas nos ambientes.

Ainda segundo a fabricante, a ação antiviral se faz pela metodologia ISO 18184 adaptada aos modelos virais e a eficácia
antibacteriana através da norma JIS L 1902. O protocolo sanitário de reativação também inclui os procedimentos de manutenção dos aparelhos conforme orientação do fabricante dos veículos e do fornecedor do filtro antiviral.

Por fim, os procedimentos de higienização serão feitos semanalmente, com verificação do estado geral da manta filtrante e higienização por aspiração ou ar comprimido; mensalmente, com lavação com detergente e secagem natural ou com ar comprimido; e semestralmente, com a substituição da manta filtrante.

WhatsApp chat