Conheça tretas do rock que vão de explosão de bateria a pornografia infantil

Os roqueiros sempre tiveram a fama de rebeldes e por se meterem em algumas confusões.

Sendo assim, criamos aqui uma lista de astros do rock e suas tretas ao longo das décadas.

Então, confira. 

Sid Vicious 

 

O ex-baixista do Sex Pistols ficou famoso por seu envolvimento com drogas e seu relacionamento tumultuado com a namorada Nancy Spungen, que foi encontrada morta em um quarto de hotel em 1978. Vicious foi acusado de seu assassinato, mas morreu de overdose de heroína antes do julgamento.

Keith Moon 

 

O baterista do The Who era conhecido por seu comportamento errático e explosivo. Em 1967, ele dirigiu seu carro em uma piscina de um hotel, e em 1970, ele explodiu seu kit de bateria em um hotel em Nova York e durante uma apresentação de TV, inclusive ficando ferido. Moon também lutou contra o alcoolismo e morreu de overdose de pílulas para dormir em 1978.

Ozzy Osbourne

 

O vocalista do Black Sabbath e ícone do heavy metal teve muitos problemas com drogas e álcool ao longo de sua carreira.

Em 1982, ele foi preso por invasão de propriedade e ofensas contra a moral pública após urinar em um monumento histórico que vangloriava a independência Americana em San Antônio, Texas. Contudo, ele pagou fiança e foi solto. 

Axl Rose 

O vocalista do Guns N’ Roses também ficou conhecido por seus acessos de raiva no palco, e sobretudo por brigas com outros artistas. Em 1991, ele brigou com o fotógrafo Robert John durante um show, e em 1992, brigou com o cantor Vince Neil do Mötley Crüe em uma boate em Los Angeles.

Durante a passagem do Guns por São Paulo em 1992, Axl atirou cadeiras em jornalistas da janela do seu quarto de hotel, por se sentir perseguido. 

Pete Townshend 

 

O guitarrista do The Who foi preso em 2003 por posse de imagens indecentes de crianças. Ele alegou que estava pesquisando para um livro sobre abuso infantil, mas foi condenado a uma advertência formal e teve que se registrar como um agressor sexual. Townshend mais tarde se desculpou pelo incidente.

Iggy Pop 

 

O vocalista dos Stooges era conhecido por seus shows selvagens e imprudentes. Em 1973, durante um show em Nova York, ele se cortou várias vezes com cacos de vidro e depois se jogou na plateia, resultando em ferimentos graves.

Elvis Presley 

 

O Rei do Rock tinha mania de atirar em TVs ligadas quando tinha acessos de raiva – principalmente quando via notícias sobre os Beatles, brincadeirinha – as cercas de sua propriedade também eram alvo de seus tiros inconsequentes. Elvis era colecionador de armas.

Keith Richards 

 

O guitarrista dos Rolling Stones lutou contra o vício em drogas ao longo de sua carreira. Em 1977, pegou uma prisão em Toronto, Canadá, por posse de heroína, mas pagou fiança e saiu.

Em 1998, ele caiu de uma árvore enquanto tentava pegar um pássaro e teve que passar por uma cirurgia. Contudo, o guitarrista se envergonha de tal fato, afinal ela já quase morreu por motivos talvez não muito lícitos. 

Paul McCartney

McCartney ficou preso no Japão por dez dias, por ter levado maconha em sua bagagem ao chegar em Tóquio para um show em 1980, as caras e caretas de Paul é impagável.

O ex-Beatle escapou da condenação de 7 anos de prisão alegando que o consumo era para uso próprio. Macca foi deportado e só voltou ao país em 1990.

John Lennon

 

John Lennon se meteu em uma briga generalizada no período que esteve separado de Yoko Ono em 1974. O ex-Beatle tomava todas no bar Troubadour com Harry Nilson e puxou briga com frequentadores. Por fim, a confusão foi geral e ele foi expulso.