Blitz multa e interdita restaurante no Sambaqui por esgoto irregular.

Compartilhe

Multas e lacres para quem estiver irregular. 

Na primeira ação de 2021, força-tarefa de fiscalização da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) e da Casan multou por crime ambiental e interditou, na manhã desta quarta-feira (06/01), restaurante na orla da praia do Sambaqui, no Norte da Ilha.

Testes realizados pela equipe da Blitz Sanear apontaram que a fossa do estabelecimento, situado na Rod. Rafael da Rocha Pires, encontrava-se conectada à rede de drenagem pluvial, que deságua no mar logo à frente.

Comprovado o crime ambiental, o fiscal da Floram presente na operação multou o proprietário e interditou o local até a correção da irregularidade. Entretanto, a Intendência de Santo Antônio de Lisboa, bairro vizinho ao Sambaqui, fará o lacre da ligação clandestina.

Antes da interdição no Sambaqui, a força-tarefa do Grupo Sanear Floripa – formada por fiscais e técnicos da Vigilância Sanitária, Floram, Casan, Secretaria de Infraestrutura e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelo programa Floripa Se Liga Na Rede – deu início aos trabalhos de fiscalização contra esgoto irregular em 2021 no Ribeirão do Ilha.

Em operação realizada na manhã de terça-feira (05/01), a equipe vistoriou casas e condomínios na Rod. Baldicero Filomeno, principal via do bairro do Sul da Ilha, e nas servidões Maria Francisca da Natividade e Costa do Sol.

Neste último endereço, os três imóveis fiscalizados encontravam-se irregulares, dois deles – um condomínio de apartamentos e uma casa – com esgoto de tanque, máquina de lavar e pia de cozinha extravasando a céu aberto, na mata. Ambos foram multados pela Vigilância Sanitária e sofrerão lacres das tubulações clandestinas, já solicitados à Intendência do Ribeirão da Ilha.

O terceiro imóvel, uma casa na mesma servidão, apresentava fossa extravasando nos fundos e no terreno vizinho. Do mesmo modo o proprietário recebeu uma multa pela Floram e pela Vigilância Sanitária.

Blitz Sanear

A Blitz Sanear é uma força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Casan. Realizada através do Grupo Sanear Floripa, o objetivo é fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambientes assim como a saúde pública.

Por fim, com mais de 110 ações semanais realizadas desde outubro de 2018, a Blitz Sanear já inspecionou residências, imóveis comerciais, shopping centers, hotéis, restaurantes, pousadas, bem como condomínios e edifícios em Florianópolis.

WhatsApp chat