Banda Johnny Bigode, rock e surf music direto da terra da pororoca

Compartilhe

Johnny Bigode – O Som Sujo das Garagens Plugadas de Macapá Rock City.

Ao contrário do que se imagina, o cenário do rock autoral está cada vez fortalecido, isto é visto em todo o Brasil, mesmo como as dificuldades para a produção e difusão. Como é o exemplo da banda Johnny Bigode, cujo o nome é um trocadilho com a música clássica de Chuck Berry – Johnny B Goode. Com origem na capital do Amapá, Macapá, tendo como formação,  Maxsuel Soares (guitarra e voz), Billy Podre (Baixo) e Cleidson Araújo na batera.

A banda faz um Rock n’ Roll, Experimental, com doses pesadas de Surf Music, Country Rock e Mariachi.

“Somos três cachorros foras da lei tomando gengibirra e tentando surfar na pororoca”. Segundo a definição deles. A Pororoca é um fenômeno natural que acontece no Rio Araguari no litoral de Macapá, quando o mar encontra o rio, formando ondas longas e fortes, atraindo turistas e principalmente surfistas. 

O vocalista e guitarrista Max conta que a banda começou de uma forma bem descontraída. “A ideia era unir amigos pra tomar umas brejas, contar histórias e fazer um rock autoral com influências diversas possíveis”. conforme afirma Max.

A Johnny Bigode lançou no final de 2018 seu primeiro EP “Lucha Libre” que traz 6 músicas. Portanto, para conhecer mais sobre a banda acesse suas redes sociais através deste link. 

No entanto, curta o pouco do som da Johnny Bigode no link abaixo:

 

 

Sandro Nine

Produtor cultural atuando em São Paulo, Manaus e Boa vista.

WhatsApp chat