Tom Cruise mostra seu lado sombrio junto com Jamie Foxx em Colateral

Ao longo de sua carreira, o renomado ator Tom Cruise atuou em diversos filmes de ação.

No entanto, o astro da franquia “Missão Impossível”,  interpreta um personagem diferente na produção, “Colateral”, de 2004, dirigido por Michael Mann e disponível na Netflix.

Ele assume o papel de Vincent, um assassino profissional, frio e dissimulado. A trama se passa em uma única noite em Los Angeles, quando obriga Max (interpretado por Jamie Foxx), um motorista de táxi, a levá-lo para realizar uma série de assassinatos.

Essa premissa cativante estabelece uma atmosfera implacável de suspense, onde cada minuto é precioso e cada escolha pode ser fatal. A habilidade de Tom Cruise em transmitir a intensidade e a determinação de Vincent contribui para a crescente sensação de perigo ao longo do filme.

Além disso, “Colateral” também brilha pela química entre Cruise e Jamie Foxx. A dinâmica entre Vincent e Max é essencial para o sucesso do filme, pois ambos os atores desempenham papéis complementares.

Cruise traz um carisma inquietante ao seu personagem, enquanto Foxx retrata com maestria o dilema moral e a transformação gradual de Max. A interação entre esses dois talentos cria momentos de tensão e conflito genuínos, elevando o filme a um patamar superior.

Fotografia

Outro aspecto impressionante de “Colateral” é a maneira como a cidade de Los Angeles é retratada. Michael Mann captura a atmosfera noturna da cidade com maestria, utilizando luzes neon e uma paleta de cores sombrias para criar uma estética visualmente deslumbrante.

Essa representação cuidadosa da cidade adiciona um elemento adicional de imersão ao filme, contribuindo para a sensação de estar à deriva na noite perigosa e Reflexões sobre moralidade e destino.

Por fim, “Colateral”, é um daqueles bons filmes que se não assistiu vale a pena ver. Ou se viu, é bom que reveja. Confira o trailer: