Orquestra de Baterias de Florianópolis celebra a 10ª edição com 450 bateristas tocando juntos

Fotos: Toia Oliveira.

Pela 1ª vez o projeto receberá um grupo de bateristas estrangeiros vindos da Bélgica, além de participantes de 57 cidades do Brasil. O repertório conta com uma mistura de estilos, homenagem a Rita Lee e participação de uma Camerata e de um Coral.

Portanto, a apresentação ocorrerá no dia 20 de agosto, no Centro de Florianópolis.

Você consegue imaginar mais de 450 baterias tocando juntas? Se colocarmos uma atrás da outra, esse montante equivale a 1km de bateristas e encheria um campo do Estádio do Maracanã, por exemplo. Some a essa cena, a potência de 41 mil decibéis do som produzido _ mais do que uma escola de samba em pleno desfile _ pelos instrumentos e ainda outros 100 músicos e cantores.

Acima de tudo, há uma década a Orquestra de Baterias de Florianópolis promove esse encontro memorável e no próximo domingo (20), às 15h, celebra a 10ª edição no Largo da Catedral, no centro da capital catarinense. 

O começo.

O projeto teve início em 2013, quando reuniu 34 bateristas e de lá pra cá é a única Orquestra de Baterias realizada no mundo com periodicidade anual e sem interrupção. Além disso, é o maior evento do gênero das Américas em número de participantes. Para esta edição, 450 bateristas estão inscritos para tocarem juntos 13 músicas. “Muito além dos números, a cada edição a Orquestra de Baterias mostra seu potencial em diversos segmentos.

Afinal, destaca o poder da música e da cultura, recebe bateristas de todas as idades, regiões e experiências de forma democrática e ainda fomenta a economia criativa de uma das cidades mais pulsantes do Brasil”, destaca Paula Borges, presidente do Instituto Maratona Cultural, idealizador e realizador do evento.

“Para além dos bateristas, nos orgulha muito ver as pessoas se manifestarem nas redes sociais dizendo que estão vindo de partes distantes do Brasil só para assistir a apresentação. Afinal, é  uma oportunidade única do público sentir de perto o som e a vibração das baterias. Tem famílias vindo do Governador Valadares (MG), Paranaguá (PR), Novo Hamburgo (RS), Taubaté (SP), Rio de Janeiro (RJ), dentre outras cidades, o que é gratificante”, completa.

Participação internacional.

Engana-se quem pensa que o evento atrai apenas brasileiros. Nesta 10ª edição, a Orquestra de Baterias de Florianópolis receberá 12 bateristas belgas, que integram o evento “Kortrijk Drumt”.

“Nossa aproximação iniciou depois que entrei em contato quando um vídeo do evento deles viralizou, em 2018. Continuamos conversando pelas redes sociais e os belgas viriam tocar em 2020, mas com a pandemia não foi possível. E agora, anos depois, recebê-los não pode ser mais emblemático, afinal é a nossa 10ª edição e ainda com o Gino Kesteloot, do  “Kortrijk Drumt” como um dos nos nossos regentes no palco principal”, conforme celebra Alexei Leão, regente e idealizador da Orquestra.

O belga Gino Kesteloot, de 59 anos, toca desde os quatro e é o idealizador do Kortrijk Drumt, criado em 2014. De acordo com o baterista, os integrantes do grupo estão muito ansiosos pela experiência de tocar com tantos bateristas juntos. “Desde nosso primeiro contato em 2018, vejo muita semelhança entre os eventos e admiração mútua. Nosso objetivo é fazer com que o Kortrijk Drumt seja conhecido mundialmente junto com a Orquestra de Baterias de Florianópolis e que possamos, no ano que vem, receber os integrantes desse evento inspirador para tocarem conosco na Bélgica”, segundo conta Gino. 

Confira mais alguns destaques da 10ª edição da Orquestra de Baterias de Florianópolis

  • Além de convidados Belgas, a Orquestra de Baterias de Florianópolis terá a participação do Coral Encantos do Instituto Estadual de Educação, regido pelo maestro Robson Medeiros Vicente, e a Camerata Florianópolis, misturando o erudito com muito rock;

  • O repertório deste ano garante uma mistura de ritmos e contará com canções clássicas do rock mundial, músicas emblemáticas do repertório nacional com versões de sucessos de Chitãozinho & Xororó e Rita Lee, e ainda, como em todos os anos, uma referência à produção musical catarinense. 

  • Dentre os 450 bateristas inscritos da edição, 141 participarão pela primeira vez e 93 são bateristas mulheres. 

Sendo assim, confira o repertório da edição:  

Like a Stone (Audioslave)

Another Brick in The Wall pt II (Pink Floyd) 

Hey Jude (Beatles).

Under Pressure (Queen)

Mein Hertz Brent (Rammstein)

Phantom of The Opera

Ovelha Negra (Rita Lee)

Heaven and Hell (Black Sabbath)

I Still Haven’t Found What I’m Looking For ( U2), 

Evidências (Chitãozinho & Xororó),

It’s my life (Bon Jovi), 

Darkness’ Lullaby (XEI & Sons in Black)

Matando a Inocência (Brasil Papaya)

Apoios

A 10ª Orquestra de Baterias de Florianópolis é uma realização do Instituto Maratona Cultural com Incentivo do Supermercado Imperatriz, Teltec Solutions, através do programa de Incentivo à Cultura, Fundação Catarinense de Cultura e Governo do Estado de Santa Catarina. Apoio cultural da Ibagy, Ibis Floripa e BeinvestXP; Patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis e Fundação Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

A apresentação está prevista para iniciar às 15h, no Largo da Catedral, no centro de Florianópolis (SC) e é gratuita ao público. Por fim, a estrutura do evento contará com uma área de alimentação.

Então, agende:

O quê: 10ª Orquestra de Baterias de Florianópolis

Quando: 20/08/2023

Horário: 15h

Local: Largo da Catedral Metropolitana de Florianópolis | Centro

Evento Gratuito

Saiba mais nas redes sociais: @orquestradebaterias e youtube.com/@OrquestraDeBaterias