“Mr. Jones” completa 30 anos, mas afinal quem era o personagem da letra?

“Mr. Jones completa 30 anos em 2023. A canção do Counting Crows desbancou bandas como Pearl Jam e Nirvana em 1993.

Por Sandro Abecassis

Quem um dia não se pegou cantando o famoso, “Sha la la la la la…la”, da música “Mr. Jones” da banda norte-americana Counting Crows? Ou tem gravado na cabeça a cena do vocalista, Adam Duritz cantando e balançando seus Dreads no videoclipe da canção na MTV?

O hit do Counting Crows dos anos 90, completa 30 em anos em 2023 e alcançou na época, em 1993 e 94, o primeiro lugar na Billboard por semanas, desbancando bandas como Pearl Jam e Nirvana. 

Mas afinal, quem era o “Mr. Jones”?

David Jones Serva, inspiração para música “Mr. Jones”.

Mr. Jones, era um famoso músico de Flamenco em São Francisco, na Califórnia, o pai do baixista da banda, Marty Jones. A banda certa vez foi vê-lo tocar e depois da apresentação acabaram a noite no bar, “New Amsterdam”, citado na música.

“Eu estava lá no Nova Amsterdã, encarando uma garota de cabelos amarelos. O Sr. Jones começou uma conversa, com uma dançarina de flamenco de cabelos pretos. Sabe, ela dança enquanto o pai dela toca violão”. diz os primeiros versos da canção.

Neste mesmo bar estava o cantor Chris Isaac, o músico já era bem famoso, e estava rodeado de garotas e bajulação e o Counting Crows ainda era uma banda no começo. O vocalista Adam falou para Marty: “‘Cara, a gente tem que virar rockstars ou algo assim, olha para isso… a gente pode conhecer garotas, sabe?’.

A partir dai  começou a se desenhar a letra e a melodia de “Mr. Jones”. 

Counting Crows. Divulgação.

A canção foi o single do álbum, “August and everything after”, entre o fim do ano de 1993 e começo de 1994. A letra realmente é sobre o desejo de ser famoso, e estar sempre nas paradas, “Eu quero ser o Bob Dylan. O Sr. Jones queria ser alguém um pouco mais descolado”. Diz um dos trechos. 

A fama veloz

Por conta da música o status do Counting Crows mudou de uma banda desconhecida para astros do rock. Mas um fato chamou a atenção de Adam, “Mr. Jones”, estava nas paradas em Abril de 1994, quando ocorre a morte de Kurt Cobain, em 05 abril.

Portanto, aquilo chamou mudou a visão do músico sobre fama e dinheiro e trouxe para banda uma certa “preguiça” com a fama.

“Tivemos shows em que não tocamos ‘Mr. Jones’, mas eu não queria tocar naquela noite e não sei se é uma boa ideia tocar alguma coisa se você não quer tocar”, conforme diz.

“Diários de Kurt Cobain”, um livro autêntico sobre o vocalista do Nirvana

Além de Mr. Jones

O Counting Crows emplacou outros sucessos, como por exemplo, “A long december”, “Rain King”, e a trilha do filmes Shrek 2 em 2004, “Accidentally in Love”. 

Adam Duritz sem os “dreads” atualmente

Ainda na ativa, o Counting Crows está em turnês pelos Estados Unidos com agenda cheia até setembro de 2023. O mais recente álbum da banda é, “Butter miracle, suit one”, de 2021. E por fim, Adam Duritz abandonou seus famosos Dreads.

Então, vamos lembrar do videoclipe de “Mr.Jones”.