Discos e bandas de rock

Jimmy Page faz 80 anos, conheça 20 curiosidades sobre o guitarrista.

Jimmy Page completou 80 anos neste dia 9 de janeiro. O músico é  considerado o terceiro melhor guitarrista do mundo, dentre os 50 escolhidos pela revista Rolling Stone no ano de 2011.

Page começou a carreira como guitarrista de estúdio, gravando partes de solos para Marianne Faithfull, The Kinks, e até mesmo The Who e Rolling Stones na primeira metade dos anos 60. 

Unindo blues e rock, sua entrada na banda Yardbirds lhe trouxe experiência de palco, além dos processos de gravação e produção de álbuns. Vale destacar que a banda Yardbirds foi um solo fértil para guitarristas, afinal passaram por ela, Jimmy Page, Eric Clapton e Jeff Beck.

Com o fim da banda, Page criou o New Yardbirds em 1968, que mais tarde se tornaria o Led Zeppelin. E então, o resto é história.

Se tornou criador de riffs, como “Whole Lotta Love”, “How Many More Times”, “Immigrant Song”. E principalmente, canções antológicas, a exemplo de “Stairway To Heaven”, “Going To California” e “Kashimir”.

Sendo assim, vamos conhecer algumas curiosidades sobre Jimmy Page:

1 – Aos 13 anos de idade já tocava em uma banda de skiffle, um ritmo que ficou famoso na Inglaterra que misturava folk e country.

Inclusive, chegou a se apresentar na BBC, no programa “All Your Own TV Show” em 6 de abril de 1957. Na ocasião tocaram,  “Mama Don’t Want to Skiffle Anymore” e “In Them Old’ Cottonfields Back Home”. Quando o apresentador pergunta seu nome, ele diz: “James Page”, ainda não era Jimmy. E então, questionando o que ele gostaria de ser no futuro, o tímido Page diz que deseja ser um pesquisador na área de biologia para encontrar uma cura para o câncer. Veja:

2 – Jimmy Page produziu aos 17 anos, em 1961, uma demo para a banda de Chris Farlowe and The Thunderbirds, contudo, o material não teve tanta repercussão. 

3 – Tocou guitarra na banda The Crusaders, onde gravou seu primeiro single,  “The Road to Love”, em 1958. 

4 – No começo dos anos 60, intercalava seus estudos, com a presença em shows tocando como guitarrista, inclusive no pub Marquee, lá conheceu Eric Clapton e Jeff Beck;

5 – No ano de 1963 a convite de Mike Leander se tornou músico dos estúdios Decca, a mesma gravadora que no ano anterior havia recusado Os Beatles;

6 – Era muito comum na época as gravadoras contratarem músicos de estúdios, e Jimmy chegou a gravar trechos de guitarras para músicas dos Rolling Stones, como “Heart Of Stone”, Marianne Faithfull em “As Tears Go By” e o solo de “You Really Got Me”, dos Kinks. Além disso, ajudou no solo de “I Can’t Explain” da banda The Who;

7 – Page não aceitou o primeiro convite para entrar no Yardbirds no lugar de Eric Clapton, sendo assim, ele sugeriu o nome de Jeff Beck, só entrando mais tarde na banda;

8 – Com o fim do Yardbirds Jimmy Page resolveu formar o New Yardbirds, a princípio a banda teria John Entwistle no baixo, mas acabou optando por John Paul Jones, que era multi-instrumentista. Para os vocais foi em busca de Terry Reid, mas ele não podia e sugeriu Robert Plant;

9 – Jimmy Page insistiu durante algum tempo convencendo John Bonham para ser o baterista do então “New Yardbirds”. A condição imposta por Bonham era que sua bateria ganhasse destaque. Nem precisava pedir;

10 – Page queria que a banda tivesse um segundo guitarrista, Jeff Beck, e na época keith Moon, baterista do The Who falou para Jimmy que isso cairia como um “Balão de Chumbo”, ou seja, Led Zeppelin, foi então que surgiu o nome da banda;

11 – Nas gravações do primeiro disco e primeiros shows como Led Zeppelin, Page usava duas guitarras cedidas pelo músico Big Jim Sullivan,  uma fender stratocaster com cores psicodélicas e uma Gibson J-20;

12 – Durante as gravações de “Stairway To Heaven”, Page usou um violão de 6 e 12 cordas, e uma guitarra Gibson para o trecho de solo e distorção. No entanto, ficou com dúvida de como faria isso ao vivo. O musico lembrou que o guitarrista Earl Hooker havia tocado com uma Gibson de braço duplo. Jimmy tentou comprar a guitarra, mas a empresa não fabricava mais, a solução portanto, foi encomendar da própria Gibson o instrumento;

13 – Jimmy era fascinado pelo ocultismo, tanto é que chegou a comprar a mansão Boleskine, que pertenceu ao mago e ocultista inglês, Aleister Crowley. Outra aquisição foi a livraria Equinoxx em Londres, que vendia livros relacionados ao tema;

14 – Page não dormia na Mansão Boleskine, que ficava localizada às margens do Lago Ness na Escócia. Dizem que diversos fenômenos sobrenaturais aconteciam no local; 

15 – Jimmy tinha tanta atração pelo ocultismo que chegou a cogitar comprar uma comunidade de uma ilha da Sicília onde estava a Abadia de Thelema usada por Aleister Crowley;

16 – Foi Jimmy Page quem trouxe os símbolos usados pelos integrantes do Led Zeppelin;

17 – Kenneth Anger contratou Jimmy Page em 1972 para ele compor a trilha sonora do filme, “Lucifer Rising”. No entanto, por conta do vício com drogas e brigas com o produtor, Page não concluiu tudo. Com raiva de Page, Kenneth saiu da mansão de Boleskine ameaçando transformar Jimmy Page em um sapo, o que não aconteceu obviamente;

18 – Jimmy Page casou-se com Jimena Gomes, uma argentina naturalizada norte-americana que vivia no Brasil. Foi então, que a partir de 1996, morou durante um período em Lençóis na Bahia. Por lá, o músico teve uma vida comum, mas tocou com bandas locais, inclusive com Margareth Menezes, atual ministra da cultura. 

19 – Jimmy Page tem cinco filhos, Scarlet Page, James Page III, Zofia Jade Page, Jana Page e Ashe Josan Page;

20 – Por fim, Jimmy Page possui há 25 anos, uma ONG no Rio de Janeiro, chamada “Casa Jimmy”. A organização auxilia na educação de crianças e famílias em vulnerabilidade social. 

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, músico e apaixonado por rock, literatura e histórias curiosas.