‘Highway To Hell’, uma canção sobre o estilo de vida de Bon Scott.

Compartilhe

‘Highway To Hell’, uma canção e álbum marcados pela chegada ao topo e pela morte de Bon Scott.   

Em 1979, o AC/DC lançou seu sexto álbum e canção, intitulados “Highway To Hell” . Este álbum foi o primeiro a atingir o Top 100 da Billboard no mercado americano. Além disso, “Highway To Hell” é o último álbum com o vocalista Bon Scott, cuja trágica morte ocorreu em 19 de fevereiro de 1980.

A circunstância em torno da morte de Bon Scott é surreal. Na fatídica noite, ele consumiu drogas e bebidas em excesso com seu amigo Alistair Kinnear. Ao retornarem para casa, Bon Scott desmaiou no banco de trás do carro. Alistair tentou acordá-lo ao chegar ao apartamento, mas sem sucesso. Desse modo, Bon Scott foi deixado dormindo no carro durante uma madrugada extremamente fria.

AC/DC com Bon Scott em 1976. Reprodução Facebook.

Ao perceber, na manhã seguinte, que Bon Scott permanecia sem resposta, seu “amigo” o levou ao hospital. Infelizmente, já era tarde demais. Bon Scott havia falecido devido a uma overdose, afogando-se em seu próprio vômito. A baixa temperatura contribuiu para a tragédia. Esses eventos sombrios marcaram o fim da era de Bon Scott com o AC/DC.

Highway To Hell, uma canção sobre a vida Bon Scott

Com a morte de Bon Scott a faixa “Highway To Hell”, acabou se tornando um epitáfio do estilo do vocalista, a letra fala justamente da vida sem limites, paradas ou alguém para atrasar, e principalmente, conhecendo todos estes riscos. 

Ao criar essa clássica música, a banda se inspirou na Canning Highway, uma estrada australiana apelidada de “estrada para o inferno”. Essa designação provém de trágicos históricos de acidentes fatais relacionados à alta velocidade e ao consumo excessivo de álcool que ocorriam ao longo dessa rota. Em especial, uma seção sinuosa da “Canning Highway” que abrigava o pub The Raffles, de onde frequentadores muitas vezes saiam embriagados. Curiosamente, Bon Scott, vocalista da banda, residia nas proximidades em Fremantle, tornando a inspiração para a música ainda mais próxima e pessoal.

O vocalista Brian Johnson explicou sobre a composição de Bon Scott ao The Metro em 2009: 

“Foi escrita sobre estar no ônibus na estrada onde leva uma eternidade para ir de Melbourne ou Sydney a Perth através da Planície de Nullarbor. Quando o Sol se põe no oeste e você ‘Estamos passando por ela, é como uma bola de fogo. Não há nada a fazer, exceto uma rápida para no pub ou um jogo de cartas, então foi aí que Bon criou a letra”. 

Curiosidades sobre a canção.

A canção “Highway To Hell”, impulsionou as vendas do álbum nos Estados Unidos, alcançando cerca de sete milhões de cópias. Por coincidência, um trecho da rota 666 entre o Arizona e Utah também é apelidado de Highway To Hell. Segundo o song Facts

Grupos religiosos consideraram o álbum satanista pelo fato de Angus Young aparecer com chifrinhos na foto. O guitarrista inclusive já comentou sobre o fato: 

“Você não precisava tocar o álbum ao contrário, porque nunca escondemos as mensagens. Chamamos um álbum de Highway To Hell, estava bem na frente deles.”

Capa de Highway To Hell. Foto Atlantic Records.

Semelhantes a micaretas e os trios elétricos baianos do carnaval do Brasil, na Canning Highway acontece o Festival de Perth, quando bandas sobem nos “trios elétricos” tocando músicas do AC/DC. O evento reúne milhares de pessoas durante um trajeto de cerca de 10 quilômetros. Então, veja:

 Por fim, após o retorno de Brian Johnson aos vocais do AC/DC, a banda é uma das cotadas para o Rock In Rio em 2024 no Rio de Janeiro.