Fotógrafo Áthila Bertoncini faz exposição O Oceano Que Nos Une

Compartilhe

Entre as 13 fotografias está a da garoupa que pode ser vista na cédula de R$ 100

O fotógrafo Áthila Bertoncini, autor da imagem da garoupa símbolo da cédula de R$ 100, reuniu pela primeira vez imagens registradas durante mais de uma década de trabalho em diferentes lugares do Brasil e do mundo. Com curadoria de Maíra Borgonha, as 13 fotografias selecionadas, sendo nove subaquáticas, vão poder ser vistas na exposição O Oceano Que Nos Une, que abre dia 19 de setembro, no hall de entrada do MULTI Open Shopping, em Florianópolis. Portanto, com  entrada é gratuita.

“Estamos na Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (2021- 2030) e uma das suas metas é a de alcançar ‘Um Oceano conhecido e valorizado por todas e todos’. E é com essa intenção que a exposição propõe envolver e levar ao público a importância que o Oceano tem nas nossas vidas como cidadãs e cidadãos deste Planeta”, de acordo com o fotógrafo.

Garoupa registrada por Áthila Bertoncini – crédito Áthila Bertoncini

Conexão com o oceano.

Áthila conta que a exposição busca conectar pessoas e o oceano e ainda sensibilizar o público através das imagens e das histórias que elas trazem. “É um chamado à ação deste que é o maior bioma do planeta. É um apelo aos sentimentos e boas memórias que todos temos sobre o oceano estando longe ou perto dele”, conforme enfatiza.

Além da fotografia da garoupa, registrada na Ilha Terceira, que fica nos Açores, em Portugal, quem visitar a exposição até 19 de outubro, poderá ver a beleza dos peixes-palhaços registrados por Áthila Bertoncini nas Filipinas, como uma tartaruga marinha de Abrolhos na Bahia e outras espécies.

Peixes-palhaços registrados nas Filipinas – crédito Áthila Bertoncini

O fotógrafo, que já participou de exposições em 2004 e 2008 na Capital Catarinense, comenta ainda que a escolha de trazer a exposição para o MULTI converge com a questão de que tem se destacado com um espaço de lazer e cultura em Florianópolis. “É um local que reflete o ethos da Ilha da Magia: um espaço moderno, mas conectado com a natureza. Um lugar aberto, mas, porém, intimista e acolhedor sem perder a essência de quem vive e busca qualidade de vida em Florianópolis”, completa.

Acima de tudo, a visitação é gratuita e poderá ser feita de segunda a sábado, das 10h às 22h. Contudo, aos domingos e feriados, das 12h às 20h.

Por fim, o MULTI Open Shopping fica na Rodovia Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, 3339, no Rio Tavares, em Florianópolis/SC.

Sobre o fotógrafo

Áthila Bertoncini é Oceanógrafo e Doutor em Ciências. Coordenador Nacional de Pesquisa do Projeto Meros do Brasil e Professor Visitante do Programa de Pós-graduação em Ecologia da UFSC. Especialista na bioecologia de grandes Epinephelideos (garoupas e meros). Fotógrafo subaquático e de conservação desde 2003, participou de dezenas de expedições científicas no Brasil e no exterior. Suas fotos já foram publicadas em revistas, jornais, livros e periódicos científicos de grande circulação. Membro do grupo de especialistas em garoupas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). Autor da imagem da garoupa na cédula de R$ 100. Bicampeão Brasileiro de Fotografia subaquática (2013 e 2015) e medalhista no Campeonato Mundial de Fotografia Subaquática da CMAS na Holanda em 2015.

WhatsApp chat