Filme sueco sobre descoberta e recomeço é destaque na Netflix.

,Filme sueco, “O Ano em que comecei a vibrar  por mim” é destaque na Netflix.

A maioria das pessoas está reconstruindo a vida, afinal, de forma direta ou indireta todos sofremos nos dois últimos anos de pandemia. Ansiedade, desemprego, problemas de relacionamento, ou tudo junto, afetaram cerca de 14% da população, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). 

Sendo assim, o ideal é buscar ajuda profissional, seja por tratamentos convencionais ou terapias alternativas. No entanto, cultura, arte, cinema, música, também tem ajudado nesta reconexão consigo mesmo. 

Portanto, aqui vai a dica de uma comédia romântica disponível na Netflix – “O Ano em que comecei a vibrar  por mim” – a produção sueca chegou a plataforma em maio de 2023 e um dos temas principais do filme é o autoconhecimento e o amor próprio.

O enredo traz Hanna (Kátia Winter) como personagem principal. Alguém determinada e com ambição, tentando conquistar todos os seus objetivos. Um deles é ter um filho, mas o seu plano começa a ser frustrado quando o namorado termina o relacionamento e para completar ela fica sem emprego. 

Então, sem trabalho, relacionamento e sem ter onde morar, Hanna começa a repensar sobre toda a sua vida. Exceto por um motivo, vai em busca de tentar reconquistar o ex-namorado. O filme tem cenas bastante ousadas sobre descoberta sexual também.

O Ano em que comecei a vibrar  por mim”, é um bom filme para inspirar quem está em busca de deixar a vida mais leve. Por fim, confira neste link