Exposição “O Filho da Soja” está aberta na Fundação BADESC.

Compartilhe

Trabalhos do artista Audrian Cassanelli podem ser visitados na Fundação Cultural BADESC

Foto: Audrian Cassanelli.

A exposição O Filho da Soja está aberta de forma gratuita até 9 de setembro na Fundação Cultural BADESC, em Florianópolis.  O tema aborda a existência LGBTQIAP+ em cidades do interior de Santa Catarina, a partir da vivência do artista Audrian Cassanelli, . Sendo assim, a visitação pode ser feita de segunda a sexta, das 13h às 19h.

Inédita e que há mais de um ano estava sendo preparada pelo artista, a mostra selecionada no Edital 2022 apresenta um fragmento da pesquisa de mestrado em Artes Visuais realizada por Audrian. O artista destaca que pesquisa o autorretrato fotográfico associado às ervas daninhas.

“Nas cidades do Oeste catarinense a principal fonte de renda vem das monoculturas de grãos e há por parte das pessoas nesses locais uma monocultura de mentes, onde o diferente é posto à margem e visto como uma peste, como um inço no meio da lavoura”, destaca.

Foto: Audrian Cassanelli.

Audrian salienta ainda que a exposição em cartaz serve como uma revanche simbólica e tardia a estes espaços onde crescer sendo quem se é, nem sempre é uma opção. “Em muitos deles precisamos disfarçar quem somos, para fazer parte do contexto”, conforme conta.

Estão em exposição fotografias impressas em diversos suportes, desde a clássica impressão em fine art até a fitotipia, que é um processo de impressão sem utilização de tinta e direto sobre a folha de planta e uma instalação com pés de soja que ocupa uma sala inteira do espaço expositivo.

A Fundação Cultural BADESC fica na Rua Visconde de Ouro Preto, 216, no Centro de Florianópolis.

Então, agende: O Filho da Soja de Audrian Cassanelli

Visitação até 9 de setembro de 2022 – de segunda a sexta, das 13h às 19h

Local: Fundação Cultural BADESC (Rua Visconde de Ouro Preto, 216 – Centro Florianópolis/SC)

Por fim , a entrada gratuita

WhatsApp chat