Estados já podem iniciar a vacinação hoje às 17h00

Compartilhe

Distribuição das vacinas foi feito na manhã desta segunda-feira.

O Ministério da Saúde inicia, na manhã desta segunda-feira (18), a distribuição das vacina contra a covid-19 para todos os estados. A previsão do governo federal é iniciar a imunização na quarta-feira (20). Segundo o ministro os estados já podem iniciar a vacinação a partir das 17h00 desta segunda-feira

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e governadores dos estados estiveram no Centro de Distribuição Logística do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP), de onde partirá a carga de cerca de 44 toneladas. 

De acordo com o Ministério da Defesa, o transporte das seis milhões de doses da vacina do Instituto Butantan, será feito por aeronaves da Força Aérea Brasileira. 

Logística

A logística de distribuição das vacinas será realizada por aviões e caminhões, compondo estes últimos uma frota de 100 veículos com áreas de carga refrigeradas, que até o final de janeiro aumentarão em mais 50. Toda frota possui sistema de rastreamento e bloqueio via satélite.

Região Norte

  • Rondônia – 33.040
  • Acre – 13.840
  • Amazonas – 256.000 do Governo Federal e mais 50 mil do Governo de São Paulo. 
  • Roraima – 10.360
  • Pará – 124.560
  • Amapá – 15.000
  • Tocantins – 29.840
    Total de doses – 296.520

Região Nordeste

  • Maranhão – 123.040
  • Piauí – 61.160
  • Ceará – 186.720
  • Rio Grande do Norte – 82.440
  • Paraíba – 92.960
  • Pernambuco – 215.280
  • Alagoas – 71.080
  • Sergipe – 48.360
  • Bahia – 319.520
    Total de doses – 1.200.560

Região Sudeste

  • Minas Gerais – 561.120
  • Espírito Santo – 95.440
  • Rio de Janeiro – 487.520
  • São Paulo – 1.349.200
    Total de doses – 2.493.280

Região Sul

  • Paraná – 242.880
  • Santa Catarina – 126.560
  • Rio Grande do Sul – 311.680
    Total de doses – 681.120

Região Centro-Oeste

  • Mato Grosso do Sul – 61.760
  • Mato Grosso – 65.760
  • Goiás – 182.400
  • Distrito Federal – 105.960
    Total de doses – 415.880

Aprovação pela Anvisa

Ontem (17), os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaram o uso emergencial da CoronaVac e da vacina da Oxford no país para uso emergêncial. 

Na cidade de São Paulo, o governador João Dória, iniciou a vacinação, com a imunização da primeira brasileira, a enfermeira Mônica Calazans, que tomou a primeira dose da vacina Sinovac. 

Dória não poupou criticas ao governo federal, sobre o negacionismo do presidente Jair Bolsonaro, a falta de investimento e boicote contra a produção da vacina pelo Butantan. O governador Dória, encaminhou 50 mil doses destinadas ao Amazonas que são do lote do estado de São Paulo, Wilson Lima governador do Amazonas recebeu simbolicamente as vacinas na manhã desta segunda-feira. 

A primeira vacinada, Mônica Calazans que atua na linha de frente do combate a pandemia, ressaltou, “Que a população acredite na vacina. Estou falando agora como mulher, brasileira, mulher negra, que acreditem na vacina. Vamos pensar no monte de vidas que nós perdemos, quantas famílias nós perdemos, quantos pais, mães, irmãos. Eu quase perdi um irmão também com Covid. E diante disso é que eu tomei coragem e participei da campanha da vacina.”

Informações Agência Brasil.

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat