Documentário sobre a morte de John Lennon estreia nesta quarta (6)

Compartilhe

Documentário, “John Lennon: um assassinato sem julgamento”, traz novos relatos sobre a morte do ex-beatle.

Um novo documentário a respeito da morte de John Lennon chega nesta quarta-feira, (6), no catálogo da Apple TV+. A série documental se chama, “John Lennon: um assassinato sem julgamento”. 

A trama possuí três episódios e traz depoimentos e entrevistas exclusivas com testemunhas do caso. A produção da série usou dados da Lei de liberdade de informação para ter acesso a documentos, que até então eram somente acessados pela justiça americana. 

Dentre os novos fatos, estão a de um motorista de táxi que testemunhou quando Mark Chapman atirou em Lennon. Além do porteiro do edifício Dakota, onde John morava com Yoko e seu filho Sean. “Ele passou por mim dizendo, `levei um tiro`, ele tinha sangue na boca e então simplesmente caiu no chão”. Disse. 

Por outro lado, o documentário também buscou ouvir o advogado de defesa e o psiquiatra do assassino de John. Igualmente, os depoimentos do amigo e jornalista Elliot Mintz, que acompanhou de perto toda angústia após o crime. 

Documentário sobre a morte de John Lennon estreia nesta quarta (6)
Horas antes de assassinar Lennon. Mark Chapman pediu um autógrafo do ex-beatle.

O formato de, “John Lennon: um assassinato sem julgamento”, é através da narração de Emmy Kiefer Sutherland. 

O assassinato de John Lennon aconteceu na noite de 8 de dezembro de 1980. O ex-beatle morreu com 5 tiros disparados por um fanático chamado Mark Chapman, que cumpre prisão até hoje, tendo todos seus pedidos de liberdade condicional negados ao longo destes anos. 

Recentemente, a gravação caseira da música, “Now And Then”, feita por John Lennon em meados dos anos 70, ganhou uma versão atualizada produzida por Giles Martin e Peter Jackson, e com a participação dos outros três Beatles, Paul, George (morto em 2001) e Ringo, dando uma nova roupagem a canção.