Cadê o Grammy de “Sweets Sounds Of Heaven” dos Stones com Lady Gaga?

“Sweets Sounds Of Heaven”, dos Stones com a participação de Lady Gaga, lançado no ano passado nem chegou a ser indicada ao Grammy.

Na noite de domingo, 4 de fevereiro, aconteceu a 66ª edição do Grammy, ao vivo direto de Los Angeles.

Dentre os maiores premiados da noite, estiveram Taylor Swift (4 prêmios), Boy Genius (3 prêmios). As demais premiações contaram com uma maioria feminina, como por exemplo, SZA, Miley Cyrus, Billie Eilish, Victoria Monét, e a também o Paramore, sendo a primeira banda de vocal feminino a ganhar um Grammy de melhor álbum de rock. 

Tudo bem, as obras de todos os artistas tem seu mérito. Mas senti a falta dos Rolling Stones, que estavam indicados na categoria melhor canção de rock com a música “Angry”, e perderam para o trio indie Boygenius com a música “Not Strong Enough”, que na minha opinião não se enquadra como rock, estaria mais para uma balada pop.

Não sei qual o critério da academia, e nem vou defender “Angry” dos Stones, mas senti falta de outra canção do álbum Hackney Diamonds, lançado em outubro de 2023. A fabulosa “Sweet Sounds Of Heaven”, em que Mick Jagger faz um dueto com Lady Gaga e que na gravação do álbum contou com Stevie Wonder no piano.

A música poderia ter entrado em pelo menos em quatro categorias como indicada, Melhor canção de rock, Melhor música de R & B, música do ano e melhor performance pop em dupla ou em grupo. Mas sabe-se lá qual o critério que adotam.

Rolling Stones: Voodoo Lounge, o álbum que têm uma conexão curiosa com um magro gatinho.

Sweet Sounds Of Heaven

A canção composta por Jagger e Richards, mistura blues, rock e gospel, nos seus 7 minutos de duração, sendo talvez uma das melhores canções dos Rolling Stones, pelo menos nos últimos 20 anos. A participação poderosa de Lady Gaga chega a arrepiar até o mais descrente na música atual.

Quem já ouviu no último volume sabe o que estou falando, principalmente quando a faixa caminha para a parte final. Quando a gente percebe a entrega de Mick Jagger e Lady Gaga, com alma, vigor. 

Isso sem falar, no primor da banda. Tudo certinho, bateria sabendo seu lugar, o solo de Keith Richards conversando com o vocal. Além dos backing vocals e piano elétrico mostrando como é importante ouvir o que Gaga e Mick estão cantando. Sem falar na poesia da letra:

“Ouça o som dos tambores, enquanto ecoa pelo vale, e explode, sim. Que nenhuma mulher ou criança vá dormir com fome esta noite. Por favor, proteja-nos da dor”

Por fim, uma falha do Grammy, ou uma chatice para deixar a música cada vez mais morninha e descartável. Então, ouça abaixo, “Sweet Sounds Of Heaven” e veja se não tenho razão.