Belle and Sebastian lança novo álbum na próxima sexta, (13).

Compartilhe

Novo álbum do Belle And Sebastian será lançado em 13 de janeiro. 

Por Sandro Abecassis

Após um período de três meses sem atividades, e consequentemente um cancelamento de turnê, que inclusive passaria pelo Brasil em dezembro passado, o Belle And Sebastian anunciou que está de volta. 

E para alegria dos fãs o retorno traz um novo álbum – Late Developers – recheado de canções novas, a exemplo do penúltimo disco, A bit of previous, lançado no dia 06 de maio de 2022.

Em entrevista a revista Rolling Stone, Stuart Murdoch, declarou: “Tivemos uma sessão muito produtiva durante o bloqueio e logo depois. Havia muitos títulos de músicas na parede, como você pode imaginar, a ponto de nossa gerente do dia-a-dia, Fiona, dizendo: ‘Isso parece uma bagunça’. E eu proclamei para o grupo: ‘Vamos lá, vamos fazer dois LPs!’”. Conforme conta.

Late Developers, deve sair no dia 13 de janeiro, em formato físico e também nas plataformas digitais da banda. 

As canções, como os fãs conhecem, são sempre cheias de estórias, agora captadas pela visão dos 54 anos de Stuart, que por vez vem através da melancolia, arrependimentos, ou também pedidos de ajuda. Como por exemplo, na música, “When We Were Very Young”.

Por outro lado,  “I Don’t Know What You See in Me” (gravado e escrito com o artista pop escocês Wuh Oh), vem como um hit mais animado e foi escolhido como o single deste novo álbum. Ouça abaixo:

Canções antigas

Murdoch revela ter resgatado canções antigas, escritas em 2002 ou 2003, “Will I Tell You a Secret”, é uma delas. Igualmente, a faixa que abre Late Developers, chamada, “Juliet Naked”, é de outra safra, composta em 2018.

Parecendo nostálgico, Stuart revela que o novo trabalho também traz composições antes mesmo da formação do Belle And Sebastian, como, “When the Cynics Stare Back From the Wall” – criada em 1994.

A canção homenageia a grande amiga, Ciara MacLaverty, poetisa escocesa e a estrela da capa de If You’re Feeling Sinister de 1996. A faixa conta com a participação de Tracyanne Campbell da banda Camera Obscura.

Tínhamos discussões ricas e profundas sobre nossas vidas amorosas, mas essas vidas amorosas eram mais imaginárias, na época em que não éramos muito fortes.” Conta Murdoch

Saiba como estão os locais das famosas capas de discos de rock

Murdoch deve terminar um romance ficcional que começou a escrever ainda no período da pandemia. E para finalizar, garantiu a volta gradual das turnês na Europa e América do Sul. 

Por fim, ouça o preview do single abaixo ou através do site

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.

WhatsApp chat