6º Festival de Cinema de Jaraguá do Sul exibe mais de 230 títulos nacionais e internacionais

Com novidades neste ano, evento começa ocorre de 5 a 8 de outubro com transmissão online

De 5 a 8 de outubro, Santa Catarina será destaque no cenário do audiovisual. É quando ocorre a sexta edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul. Neste ano, mais de 230 títulos serão exibidos, e entre as novidades, está a exibição aberta dos filmes da Mostra Competitiva pelo canal no Youtube, a participação de profissionais brasileiros e internacionais, dando dicas sobre produção e mercado em bate-papos super informativos.

Serão apresentados longas-metragens, curtas, médias e videoclipes, escolhidos à dedo pelos curadores Camila Rosa, produtora cultural e jornalista de Jaraguá do Sul – SC; Virginia Nascimento, atriz, produtora e diretora, de Santos – SP; Mauricio Mascarenhas, ator e produtor, de São Paulo – SP; e Marcelo Sampaio, diretor, produtor e cineasta, de São Paulo – SP. A programação conta com entrevistas diárias a partir das 19h. A premiação será no domingo, dia 8 de outubro, às 18h30, e também contará com bate-papo e entrevistas. 

O grande diferencial do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul é a diversidade temática e a abrangência à profissionais, estudantes e amadores numa mesma edição. Ao longo dos anos o número de participantes cresce, em 2023 foi registrado mais que o dobro de inscritos, em relação ao ano passado. Além disso, a diversidade geográfica das produções coloca o festival em destaque na cena do audiovisual independente, no Brasil. Estarão competindo, produções de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Roraima, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Distrito Federal, Espírito Santo, Bahia,  Ceará, Goiás e Mato Grosso do Sul. 

Para Isaac Huna, idealizador do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul, “é uma conquista muito grande, o evento estar na sexta edição em um país com tantas dificuldades de financiamento e estímulo à cultura e ao mercado do audiovisual. Optamos por seguir de forma online, mesmo depois da pandemia, para abranger o máximo de produções feitas no interior e dos grande centros 

Histórico

A primeira edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul ocorreu em 2019, a partir da iniciativa do produtor, diretor e cineasta argentino, radicado no Brasil há 36 anos, Isaac Huna. “A cada ano foi um desafio diferente, mas estamos crescendo a cada dia. Já conseguimos trazer para o Brasil, a 1ª Mostra de Cinema Independente da Argentina e seguimos sempre inovando”, conta. 

O festival visa, sobretudo, a divulgação da produção cinematográfica independente nacional, contando com patrocínios, até a 3º edição, da SECEL, da Prefeitura de Jaraguá do Sul, e apoio cultural em todas as edições. A edição de 2023 é realizada pelo Instituto CAI – Centro das Arte Integradas, Dança Jaraguá do Sul e S&H Entretenimento. A Comissão organizadora desta edição é formada por: Isaac Huna, produtor cultural e idealizador – SC; Betina Ganímides, produtora – SP; Luciane Toledo, jornalista – SC; Jo Rauen produtor e diretor – SC; Marli Fortes, produtora Cultural – SC; e Daniel Maffezzolli, produtor, publicitário e MKT – SC. 

Então, confira a programação:

5 de outubro

19h: Abertura

6 e 7 de outubro

19h: Entrevistas com diretores do mercado nacional e internacional 

8 de outubro

18h30: Premiação, entrevistas e divulgação dos pre