1962: o dia que os Beatles foram recusados pela gravadora Decca.

Compartilhe

A saga dos Beatles em busca de uma gravadora.

Por Sandro Abecassis

Imagine uma Van, saindo de Liverpool para Londres, com seis pessoas dentro, no rigoroso inverno da Inglaterra e de repente são obrigados a quebrar o parabrisa para que possam enxergar a estrada, devido a quantidade de neve, pelos cerca de 400 quilômetros? 

Pois é, estes passageiros eram John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Pete Best, e na direção revezavam Neil Aspinall e Mal Evans. A banda estava indo fazer um teste na gravadora Decca em Londres, e saíram de Liverpool na tarde de 31 de dezembro de 1961. O empresário Brian Epstein havia ido de trem.

Mas vamos voltar um pouco antes.

Em 13 de dezembro, Os Beatles faziam uma apresentação no lendário Cavern Club, em Liverpool, quando um produtor da gravadora Decca, chamado, Mike Smith assistiu o show a convite do empresário Brian Epstein e convidou a banda para um teste em Londres que aconteceria em 1º de janeiro de 1962.

The Beatles em 1961, ainda com Pete Best. Foto Dick Mathews.

Sendo assim, a banda, ainda com Pete Best, ensaiou para a audição partindo de Liverpool na Van do produtor e amigo Neil Aspinall junto com o segurança da banda Mal Evans na tarde do dia 31 de dezembro. 

A viagem durou cerca de 10 horas, e teve contratempos, como o fato de que se perderam na estrada. E conta a lenda, que Mal Evans teve que quebrar o parabrisa para que eles pudessem enxergar a via, com isso, o frio dentro do carro ficou mais intenso, e os quatro beatles, tiveram que ficar deitados uns sobre os outros para se proteger. Como está no livro – The Beatles Tune In, do autor Mark Lewisohn.

O videoclipe oficial da versão dos Beatles de “Words of love”, de Buddy Holly, mostra através de uma animação esta cena. Veja abaixo:

Ano novo, vida nova

A banda chegou a Londres por volta das 22h00 do dia 31 de dezembro de 1961, famintos, encontraram-se com Brian e foram tomar sopa. Contudo, era ano novo, e os quatro aproveitaram para festejar e beber na Trafalgar Square em Londres.

No outro dia, a banda, apesar da ressaca, estava às 11h00 no endereço da Decca, em West Hampstead. 

1977: um réveillon em Londres com os Ramones

A primeira impressão foi ruim, porque a banda demorou para entrar no estúdio. Além disso, quando entrou, o técnico de som informou que eles não usariam os amplificadores que haviam trazido.

17 de dezembro de 1961, Albert Marrion’s photography studio

Foi então que tiveram que plugar seus instrumentos no equipamento da gravadora, ligado direto na mesa, isso deixou a banda nervosa e sem controle de volumes. Outro fator, o atraso do produtor Dick Rowe.

As músicas escolhidas pelos quatro e por Brian já faziam parte do repertório habitual, tocando tanto em Hamburgo, como no Cavern. E foram divididas da seguinte forma:

Primeira categoria, as músicas que a banda gostava, com To know Her Is To Love Her  (Spector), Memphis Tennessee (Berry), Sure to Fall (In Love With You) (Perkins/Claunch/Cantrell), Crying, Waiting, Hoping (Holy) 

Livro, The Beatles TUNE IN, traz novos fatos sobre o quarteto de Liverpool.

A segunda categoria era caracterizado pela parte cômica, que funcionava ao vivo, onde os Beatles interagiam com a plateia no cavern, faziam caretas, mas nas gravações não surtiu efeito, são elas: Searchin (Leiber/Sroller), The Sheik Of Araby (Smith/Snyder/Wheeler), Three Cool Cats (Leiber/Stoller), Besame Mucho (Velazquez/Skylar)

A terceira categoria foram os hits da época: Take Good Care Of My Baby (Goffin/King), Till There Was You (Wilson), September In The Rain (Warren) e Money (Bradford/Gordy)

E a quarta categoria, as músicas próprias, como, Hello Little Girl, Like Dreamers Do, Love Of The Loved.

Existem vários bootlegs e versões desta audição, veja uma delas abaixo:

A banda terminou a gravação e foram dispensados. Sendo assim, este momento ficou conhecido como o dia que os Beatles foram recusados. A justificativa de Dick Rowe: “Os grupos de guitarras estão saindo de moda, Sr. Epstein”. 

Obviamente que todos voltaram para Liverpool decepcionados. No entanto, os próprios Beatles no documentário Anthology admitiram que realmente tinham feito uma audição ruim. 

Diz a lenda, que para se redimir após os Beatles ficarem famosos, Dick Rowe pediu indicação de alguma banda para George Harrison, o guitarrista havia dito para ele ir ver uma banda que tocava no Crawdaddy Club, em Richmond, chamada The Rolling Stones. 

Coincidência ou não, a Decca realmente contratou a banda de Mick Jagger, Keith Richards e companhia. Mas essa é uma história 

Sandro Abecassis

Publicitário, radialista, pós graduado em educação inclusiva e gestão executiva de projetos.