Um século de agora: mostra reúne 25 artistas de todo o país

Compartilhe

Mostra relembra a Semana de arte moderna de 1922. 

Depois de promover importantes exposições individuais de artistas visuais, o Itaú Cultural (IC) abre as portas para uma nova mostra coletiva, Um século de agora, a partir de 17 de novembro. Tendo como ponto de partida os cem anos da Semana de arte moderna de 1922 – um dos mais importantes eventos para a arte e a cultura brasileira. Sendo assim, a exposição, além de celebrar o momento histórico, propõe expandir os horizontes e, sobretudo,  trazer novas narrativas para este século.

Com uma curadoria compartilhada por três mulheres – Júlia Rebouças, Luciara Ribeiro e Naine Terena. Um século de agora apresenta um panorama atual da arte e da cultura produzida no Brasil. São 25 artistas e coletivos com diferentes vivências e experiências em territórios sociais, culturais, políticos e geográficos, manifestando-se por meio de múltiplas linguagens – colagem, desenho, escultura, fotografia, instalação, performance, pintura e videoarte –, mas, acima de tudo, expondo obras e projetos realizados ou concluídos em 2022 – ou seja, no agora.

Veja o teaser:

Participam da exposição (em ordem alfabética): abigail Campos Leal, Aislan Pankararu, Amanda Melo da Mota, A TRANSÄLIEN, Carmézia Emiliano, Coletivo Mato Grosso, Coletivo Revolução Periférica, Coletivo Ururay, Dalva de Barros, davi de jesus do nascimento, Davi Pontes, Denilson Baniwa, Glicéria Tupinambá, Gustavo Caboco, João Cândido da Silva, José Bezerra, Julia Debasse, Juliana dos Santos, Juliana Xucuru, Keila Sankofa, Lídia Lisboa, Linga Acácio, Luana Vitra, Roberto Magalhães e Sara Lana.

Minidocumentário, entrevistas e visita guiada

Acompanhe o nosso canal no YouTube, em que serão publicados conteúdos exclusivos que aprofundam a experiência da mostra: um minidocumentário com os artistas Dalva de Barros, João Cândido da Silva e Roberto Magalhães; uma série de entrevistas com os artistas durante a montagem das obras; e uma visita guiada com as curadoras.

Então agende: Um século de agora

Abertura:

Dia: 17 de novembro de 2022
Hora: às 20h

Visitação:

Até 2 de abril de 2023
terça a sábado 11h às 20h
domingos, bem como, feriados 11h às 19h
pisos 1, -1 e -2

Por fim, a entrada gratuita

WhatsApp chat